Fluminense

Fluminense vai precisar ir longe na Sul-Americana para recuperar dinheiro ‘perdido’ na Libertadores; entenda

Antonio Mota
Queda precoce na Liberta provocou uma 'bola de neve' nas Laranjeiras
Queda precoce na Liberta provocou uma 'bola de neve' nas Laranjeiras / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Fluminense perdeu de 2 a 0 para o Olimpia, do Paraguai, na última quarta-feira (16), no Estádio Defensores del Chaco, e, nos pênaltis, deu adeus à Conmebol Libertadores de 2022. Com o resultado, o Tricolor entrou para o seleto grupo dos times brasileiros já eliminados de forma precoce na Libertadores e, além do drama esportivo, também levou um baque financeiro.

Segundo informações do jornalista Rodrigo Capelo, o Flu vai deixar de receber quantia milionária por ter caído precocemente na Libertadores. Em caso de classificação ante o Olímpia, o clube embolsaria US$ 3 milhões (cerca de R$ 15 milhões) apenas pela participação na fase de grupos do torneio - essa era uma das metas esportivas e financeiras para 2022. O montante era essencial para equilibrar as contas nas Laranjeiras.

Fluminense Libertadores
Fluminense continua sem conquistar um título expressivo internacional / ANTONIO LACERDA/GettyImages

O Tricolor apresentou à Justiça um plano de pagamento para credores trabalhistas e cíveis, via Regime Centralizado de Execuções, com essa projeção. Agora, vai ter que tentar conseguir os US$ 3 milhões de outra forma, mas como as demais competições já estavam previstas no orçamento, a bola da vez é a Sul-Americana.

Porém, o Flu vai ter que se desdobrar para conseguir se aproximar do valor que receberia pela participação da fase de grupos da Libertadores. Se chegar às semifinal da “Sula”, o clube vai faturar, ao todo, somando todas as premiações, 2,8 milhões de dólares – cerca de R$ 14 milhões, pela cotação atual.

Se quiser superar os US$ 3 milhões da Libertadores, o Fluminense vai precisar ser ao menos vice-campeão da Sul-Americana, algo que o daria mais 2 milhões de dólares (aproximadamente R$ 11 milhões). O campeão da segunda competição mais importante do continente leva mais 4 milhões de dólares – ou seja, praticamente R$ 22 milhões.  

Premiação da Sul-Americana 2022

Fase de grupos: 900 mil dólares (R$ 4,9 milhões)
Oitavas de final: 500 mil dólares (R$ 2,7 milhões)
Quartas de final: 600 mil dólares (R$ 3,3 milhões)
Semifinais: 800 mil dólares (R$ 4,4 milhões)
Vice-campeão: 2 milhões de dólares (R$ 11 milhões)
Campeão: 4 milhões de dólares (R$ 22,1 milhões)

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit