Copa Libertadores

Os 5 clubes brasileiros eliminados na Pré-Libertadores

Lucas Humberto
Eliminado pelo Olimpia, Fluminense se junta ao quarteto de clubes brasileiros que já caíram na fase prévia da competição continental
Eliminado pelo Olimpia, Fluminense se junta ao quarteto de clubes brasileiros que já caíram na fase prévia da competição continental / NATHALIA AGUILAR/GettyImages
facebooktwitterreddit

Não deu! A sequência invicta do Fluminense chegou ao fim no momento menos propício deste início de temporada. Na última quarta-feira (16), o clube das Laranjeiras foi ao Paraguai e saiu derrotado pelo Olimpia por 2 a 0, em duelo da volta da terceira fase da Libertadores, a última etapa antes da fase de grupos. Como os cariocas haviam vencido em casa por 3 a 1, a partida rumou aos pênaltis. E, para infelicidade da torcida tricolor, o desempenho na marca do cal não poderia ter sido pior. A equipe de Assunção venceu por 4 a 1.

Com isso, o Flu se junta ao quarteto dos clubes brasileiros que caíram na fase prévia da Libertadores. Abaixo, nós rememoramos cada um. Bem, pelo menos Abel Braga e seus comandados terão a Sul-Americana pela frente...

1. Corinthians (2011)

Tolima Corinthians Libertadores Fluminense
A eliminação está entre as mais vexatórias da história alvinegra recente / LatinContent/GettyImages

Nem Ronaldo Fenômeno e Roberto Carlos foram capazes de salvar o Timão. Após empate sem gols com o Tolima, da Colômbia, em pleno Pacaembu, a derrota por 2 a 0 nos domínios do adversário resultou na queda precoce do alvinegro que era comandado por Tite.

2. Chapecoense (2018)

Nacional Chapecoense Libertadores Fluminense
A tradição do Nacional na competição falou mais alto / MIGUEL ROJO/GettyImages

Ainda na segunda fase, a Chapecoense não conseguiu se impor diante do tradicional Nacional, do Uruguai, que na época tinha como técnico Alexander Medina, atualmente no Internacional. Com duas derrotas por 1 a 0, o Verdão do Oeste deu adeus ao torneio continental.

3. São Paulo (2019)

Nene meio-campista São Paulo Libertadores 2019
Nene era o maestro do time que foi eliminado em pleno Morumbi / DIEGO LIMA/GettyImages

Quem sofreu com a eliminação precoce em 2019 foi o time do Morumbi. Também na segunda fase, o tricolor pagou o alto preço da derrota no primeiro confronto. Depois do 1 a 0 favorável ao Talleres, da Argentina, na ida, o empate sem gols na volta apenas sacramentou a queda dos paulistas. E quem estava na área técnica dos hermanos era Juan Pablo Vojvoda, atual treinador do Fortaleza.

4. Corinthians (2020)

Corinthians Guaraní Libertadores Fluminense
Critério do gol qualificado atrapalhou os planos do Timão / Miguel Schincariol/GettyImages

Repetindo a dose, o clube do Parque São Jorge desta vez caiu ante o Guaraní, do Paraguai. Após perder a partida de ida por 1 a 0, o alvinegro até venceu em seus domínios, por 2 a 1, mas foi eliminado pelo critério do gol qualificado.

5. Grêmio (2021)

FBL-LIBERTADORES-GREMIO-DELVALLE
Tricolor gaúcho teve um 2021 para esquecer - acabou a temporada rebaixado para a Série B do Brasileirão / LIAMARA POLLI/GettyImages

A vítima de 2021! Apesar das expectativas da torcida, o Imortal não conseguiu se impor diante do Independiente del Valle, do Equador. Duas derrotas por 2 a 1 encerram o sonho dos gaúchos no âmbito da Libertadores bem antes do previsto e encerraram o ciclo do técnico Renato Gaúcho após cinco anos, sendo 161 vitórias em 308 jogos.

facebooktwitterreddit