Copa Libertadores

Em jogo dramático e com polêmica de arbitragem, Olimpia elimina Fluminense da Libertadores

Bia Palumbo
Willian perdeu pênalti na disputa final e complicou a vida do Tricolor das Laranjeiras
Willian perdeu pênalti na disputa final e complicou a vida do Tricolor das Laranjeiras / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Tricampeão da Libertadores, o Olimpia interrompeu o sonho do Fluminense de avançar à fase de grupos do torneio mais importante do continente ao vencer o jogo de volta da terceira fase por 2 a 0 e levar a melhor na disputa de pênaltis. O Tricolor das Laranjeiras tinha feito 3 a 1 no primeiro confronto, porém o goleiro Gastón Olveira pegou as cobranças de Willian e Felipe Melo.

O time brasileiro saiu de campo indignado devido a um lance polêmico no primeiro tempo. Após cruzamento, o zagueiro David Braz dominou a bola dentro da área e balançou a rede, mas o gol foi anulado por suposto toque de mão.

"Foi uma vergonha o que ele fez, todo mundo viu. Libertadores é uma competição lindíssima, mas o árbitro não pode fazer uma coisa dessas que é anular o gol. A bola bateu no meu peito, não na minha mão. Depois disso a gente cometeu muitos erros que foram fundamentais para a classificação. "

David Braz, zagueiro do Fluminense

Com este resultado, o Olimpia vai para a fase de grupos da Libertadores, assim como Estudiantes (Argentina) e América-MG, que se classificaram nesta semana. A última vaga sai após o duelo entre The Strongest (Bolívia) e Universidad de Quito (Equador).

facebooktwitterreddit