​Quantas vezes você já ouviu alguém falar em coronavírus e/ou Covid-19 nos últimos tempos? Pois é...a pandemia que assola o mundo faz parte de uma família de vírus que causam infecções respiratórias e seu novo agente foi descoberto apenas em dezembro de 2019 na China. Com tantas incertezas sobre ele, no momento "prevenção" é a palavra-chave.


FBL-BRA-BOTAFOGO-BANGU-HONDA


É bem verdade que, ao longo da vida, muitas pessoas, principalmente crianças, acabam infectadas pelos diversos tipos mais comuns de coronavírus (229E, NL63, OC43, HKU1 entre outros). No entanto, o novo coronavírus chama atenção pela rápida propagação. Trata-se de um vírus que se espalha em alta velocidade, por gotículas respiratórias, através do simples contato entre pessoas e objetosÉ preciso estar sempre atento às principais recomendações dos especialistas para entender como agir antes, durante e depois.


Renato Portaluppi


Sendo assim, existem formas de prevenir esse contágio, e ao menos cinco delas são consideradas essenciais pela Organização Mundial de Saúde (​OMS):


1 - Lavar bem as mãos (por ao menos 20 segundos) com água e sabão diversas vezes ao dia; quando isso não for possível, é recomendado o uso de álcool gel 70%;


2 - Na hora de tossir ou espirrar, cobrir boca e nariz com a parte interna do braço;


3 - Isolamento social: evitar aglomerações ajuda a não espalhar a doença e evita possíveis contatos com infectados; se estiver perto de pessoas, mantenha distância de, no mínimo, dois metros


4 - Manter os ambientes bem ventilados;


5 - Evitar o compartilhamento de objetos, uma vez que o vírus é capaz de se alojar em determinadas superfícies por certo período de tempo; além disso, não levar as mãos aos olhos, nariz e boca também ajuda, afinal, não se sabe se houve o contato com materiais infectados.



A Federação Internacional de Futebol (FIFA) e a OMS se uniram para combater o coronavírus e lançaram uma nova campanha de conscientização liderada por jogadores de futebol de renome internacional. Eles solicitam justamente para que as pessoas de todo o mundo sigam as orientações acima. "Peço à comunidade internacional do futebol que se junte a nós no apoio desta campanha para passar a mensagem adiante. Alguns dos maiores jogadores, que disputaram belos jogos, deram seu nome à campanha e estão unidos no desejo de passar a mensagem para dar um chutão na COVID-19”, disse Gianni Infantino, presidente da entidade que comanda o esporte mais popular do planeta. 


TOPSHOT-BRAZIL-HEALTH-VIRUS-FBL


Aliás, existe até um procedimento padrão adotado no mundo para possíveis casos de coronavírus. Se a pessoa está se sentindo mal, a orientação é seguir todas as instruções fornecidas pelas autoridades de saúde locais. Agora, havendo febre, tosse e dificuldade para respirar, o pedido é que, antes de se procurar um atendimento médico, se ligue aos números indicados. No Brasil, o 136 é o contato do Ministério da Saúde, mas é possível procurar a Vigilância Sanitária de cada cidade.