Opinião

Raio-X do Al Ahly: como joga o adversário do Palmeiras na semifinal do Mundial de Clubes

Fabio Utz
Magdy é um dos talentos da equipe egípcia
Magdy é um dos talentos da equipe egípcia / Anadolu Agency/GettyImages
facebooktwitterreddit

O dia da estreia do Palmeiras no Mundial de Clubes chegou. Nesta terça-feira (8), em Abu Dhabi, o time de Abel Ferreira encara o Al Ahly, do Egito, em busca da tão sonhada vaga na final. Pois para conseguir seu grande objetivo o Verdão terá que encarar aquele que se coloca como 'o Real Madrid da África', por conta da quantidade de títulos internacionais.

Hegemônica em seu continente, a equipe egípcia, comandada por Pitso Mosimane, tem algumas características marcantes. Por exemplo, a linha de três defensiva, que também passou a ser utilizada pelo Palmeiras campeão da Libertadores. Além disso, com base na escalação que foi a campo nas quartas de final e passou pelo Monterrey, do México, o Al Ahly atua apenas com um atacante de ofício, abrindo espaço para a chegada dos meio-campistas.

Pitso Mosimane Técnico Al Ahly Estreia Palmeiras Mundial
Técnico Pitso Mosimane comanda o Al Ahly / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

A presença dos atletas que disputaram a decisão da Copa Africana de Nações ainda é uma incógnita por conta da logística implementada para o deslocamento até os Emirados Árabes. Portanto, os defensores Mohamed Abdel Monem e Ayman Ashraf, os meio-campistas Hamdy Fathy e Amro El-Soulia, e o atacante Mohamed Sherif são colocados como dúvidas.

É certo, no entanto, que o zagueiro titular Badr Benoun, o jovem meio-campista Amar Hamdy e os atacantes Salah Mohsen e Percy Tau, sul-africano que é um dos maiores destaques do elenco, estão fora do Mundial por conta de lesão. Portanto, que se fique de olho, por exemplo, no meia Mohamed 'Afsha' Magdy, visto como um talento. Será que, dessa vez, dá para o Verdão?

facebooktwitterreddit