Copa Libertadores

Marcos Rocha quebra recorde brasileiro em goleada do Palmeiras na Libertadores

Wéverton Rodrigues
Lateral-direito Marcos Rocha possui três títulos de campeão da América no currículo
Lateral-direito Marcos Rocha possui três títulos de campeão da América no currículo / Matthew Ashton - AMA/GettyImages
facebooktwitterreddit

É bem verdade que o Palmeiras tem sobrado na Libertadores. O time alviverde enfrentou, nesta terça-feira (3), o Independiente Petrolero (Bolívia), em partida válida pela 4ª rodada do torneio continental. O resultado foi mais uma goleada do time de Abel Ferreira, dessa vez por 5 a 0, com direito a hat-trick de Veiga. Assim, chegando a 12 pontos, o atual bicampeão já carimbou sua vaga para as oitavas de final, uma noite especial para o lateral-direito Marcos Rocha.

Como se não bastasse o 100% na competição e com 20 gols em quatro jogos, o Palmeiras se tornou o único time a ter em seu plantel o jogador brasileiro com mais participações seguidas na história da competição. Isso porque o lateral-direito Marcos Rocha chegou à marca de dez edições seguidas participando da Libertadores por dois clubes - antes jogou no Atlético-MG.

No Galo, o jogador de 33 anos jogou nas temporadas 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017, onde foi campeão na histórica campanha de 2013. O lateral desembarcou no alviverde paulista por empréstimo em 2018, jogando, portanto, a Libertadores naquela temporada, além de 2019, 2020, 2021 e, agora, em 2022, inclusive sagrou-se bicampeão consecutivo do torneio, acumulando três conquistas ao longo da carreira.

O paraguaio Néstor Camacho, que jogou no Olimpia, é o jogador com mais participações consecutivas na Libertadores - 11 no total. Assim como Marcos Rocha, há outros brasileiros que participaram, ao todo, de 10 edições, mas isso não aconteceu de forma ininterrupta, como é o caso do lateral-esquerdo Fábio Santos e do ex-meio-campista Danilo, que campeões por São Paulo (2005) e Corinthians (2012). O defensor ainda atuou por Atlético-MG e Grêmio.

Por fim, a lista ainda conta com o nome de Jean, que atuou pelo torneio continental de forma não consecutiva ao longo de 10 temporadas com as camisas de Palmeiras, Fluminense e São Paulo.

Uma marca alcançada para além do espetáculo alviverde

13 a 1 no agregado! Esse foi o saldo que o Palmeiras construiu nas duas partidas que fez contra o Independiente Petrolero, da Bolívia, nesta edição da Libertadores. No primeiro jogo, realizado no Allianz Parque no dia 12 do mês passado, o time simplesmente aplicou uma goleada de 8 a 1 no adversário, com direito a 4 gols do atacante Rafael Navarro.

No jogo da volta, o placar foi um pouco mais modesto, entretanto, ainda assim elástico: 5 a 0. Além dos 3 gols marcados por Raphael Veiga, a partida ainda teve mais dois gols de Navarro, colocando o atacante na artilharia isolada da competição com 7 gols marcados.

A partir de agora o Verdão volta as suas atenções para o jogo do próximo domingo (8), quando o recebe o Fluminense no Allianz Parque, às 16h (de Brasília), pela quinta rodada do Brasileirão.

facebooktwitterreddit