Copa Libertadores

Joia do River Plate, Julián Álvarez anota “duplo hat-trick” na Libertadores e alcança feito inédito no futebol

Antonio Mota
Julián Álvarez marcou um hat-trick em cada tempo na goleada por 8 a 1 do River Plate diante do Alianza Lima, pela Libertadores.
Julián Álvarez marcou um hat-trick em cada tempo na goleada por 8 a 1 do River Plate diante do Alianza Lima, pela Libertadores. / Marcelo Endelli/GettyImages
facebooktwitterreddit

Uma das maiores promessas do futebol da América do Sul na atualidade, Julián Álvarez alcançou um feito histórico nna goleada por 8 a 1 do River Plate sobre o Alianza Lima, no Monumental de Núñez, pela Conmebol Libertadores. Autor de duplo hat-trick (seis gols), o atacante de 22 anos realizou façanha antes nunca vista no mundo da bola.

De acordo com informação do MisterChip, especialista em levantamento de dados e estatísticas do esporte, o reforço do Manchester City se tornou o primeiro jogador a marcar um hat-trick em cada tempo (1º e 2º) de um jogo da principal liga de clubes de uma das seis Confederações da Fifa – AFC, CAF, Concacaf, Conmebol, OFC e UEFA. Neste caso, a Conmebol Libertadores.

Julian Alvarez Libertadores  River Plate Mercado Manchester City
Julián Álvarez marcou seis gols na sexta rodada da fase de grupos da Libertadores de 2022. / Marcelo Endelli/GettyImages

Aos 22 anos, Julián Álvarez destruiu o Alianza Lima na sexta e última rodada do Grupo F da Libertadores. No primeiro tempo, o camisa 9 marcou aos 15 minutos, aos 18’ e aos 41’. Já na etapa complementar, o atacante não tirou o pé e voltou a marcar aos 54’, aos 57’ e, por fim, aos 83’. Vale destacar que ele ainda não havia marcado nenhum gol na copa até este jogo.

Além do feito destacado acima, o popular Aranha (ou Araña, em espanhol) também igualou recorde de Juan Carlos Sánchez, que, em 1985, marcou seis gols em uma partida da Libertadores. Agora, o prodígio do River Plate divide o posto de maior goleador de um único jogo da competição.  

facebooktwitterreddit