Futebol Internacional

Julián Álvarez no Manchester City e mais: as 5 vendas mais caras da história do River Plate

Lucas Humberto
Segundo informações do jornal Olé, Julián Álvarez será vendido ao Manchester City
Segundo informações do jornal Olé, Julián Álvarez será vendido ao Manchester City / Marcelo Endelli/GettyImages
facebooktwitterreddit

Rei da América em 2021, Julián Álvarez irá defender as cores do Manchester City. Segundo informações do jornal Olé, o argentino de 21 anos, principal promessa do futebol sul-americano, seguirá cedido ao River Plate pelo menos até junho deste ano.

Aliás, há possibilidades do atacante permanecer no clube até o fim de 2022, sobretudo pelo interesse do jogador em disputar a Copa do Mundo. Pep Guardiola e sua comissão técnica não têm pressa em incorporar Álvarez ao restante do elenco, visto que se trata de um projeto a longo prazo.

As tratativas movimentaram cerca de 27,5 milhões de dólares. Cifras tão expressivas obviamente renderiam uma posição favorável no ranking de vendas mais caras da história do River Plate. Dito e feito.

5. Pablo Aimar

Pablo Aimar River Plate Julian Álvarez
Aimar retornou ao River para se aposentar / Daniel Jayo/GettyImages

Nos idos de 2001, o Valencia, da Espanha, desembolsou 20 milhões de dólares para ter os serviços do ex-meio-campista millonario. Á época, a venda de Pablo Aimar foi a mais cara da história do River Plate. Hoje, ocupa a quinta posição da lista.

4. Sebastián Driussi

Sebastian Driussi MLS River Plate
Driussi está na MLS / Gabriel Rossi/GettyImages

Atualmente no Austin, da Major League Soccer (MLS), Sebastián Driussi deixou os gramados sul-americanos em 2017 e partiu rumo ao Zenit, da Rússia, que pagou 23 milhões de dólares pelo atacante. Em quatro anos na equipe europeia foram seis taças conquistadas. Valeu a pena, certo?

3. Lucas Alario

Lucas Alario Julian Álvarez Manchester City Premier League River Plate
Apesar do curto espaço de tempo no River, Alario conquistou a torcida / JUAN MABROMATA/GettyImages

Sonho do Palmeiras, Lucas Alario precisou de apenas dois anos no River Plate para deixar sua marca na torcida. Em 2017, o Bayer Leverkusen, da Alemanha, tirou 24 milhões de dólares dos cofres e buscou o centroavante campeão da Libertadores.

2. Julián Álvarez

River Plate Julian Álvarez Manchester City Premier League
Álvarez foi eleito Rei da América em 2021 / Anadolu Agency/GettyImages

Ainda não oficializada, a venda da joia argentina irá render cerca de 27,5 milhões de dólares. Nome de amplo potencial, Julián Álvarez despertou atenção de gigantes europeus devido ao seu faro apurado de gols e capacidade de definição.

1. Javier Saviola

Javier Saviola Barcelona River Plate Julian Álvarez
Saviola saiu do River e partiu rumo ao Barcelona / DANIEL GARCIA/GettyImages

Álvarez até pode movimentar cifras expressivas, mas nada próximo do que o Barcelona pagou em 2001 para ter os serviços de Javier Saviola. Mais de duas décadas depois, o goleador atacante argentino segue insuperável no que diz respeito aos aspectos econômicos do clube. Ele saiu por nada menos que 36 milhões de euros.

facebooktwitterreddit