Copa Libertadores

Histórico! Julián Álvarez é o segundo jogador a marcar seis gols em uma partida de Libertadores

Nathália Almeida
Álvarez marcou seis gols diante do Alianza Lima
Álvarez marcou seis gols diante do Alianza Lima / Marcelo Endelli/GettyImages
facebooktwitterreddit

Noite histórica para o torcedor do River Plate e para um destaque específico da equipe de Marcelo Gallardo: inspirado e avassalador, o jovem Julián Alvárez, já negociado ao Manchester City para a próxima temporada, anotou incríveis seis gols no atropelo millonario por 8 a 1 sobre o Alianza Lima, marca absolutamente rara quando o assunto é futebol sul-americano.

Competição que já existe há mais de seis décadas, a Copa Libertadores só havia registrado, até a noite desta quarta-feira (25), uma partida com seis gols anotados pelo mesmo jogador: Juan Carlos Sánchez na goleada por 8 a 0 do Blooming sobre o Deportivo Italia, na edição de 1985.

Julian Alvarez
Álvarez teve atuação memorável na Argentina / Marcelo Endelli/GettyImages

Além do feito individual histórico, o enredo da partida no Monumental de Núñez não poderia ter sido melhor para os argentinos: entre domínio absoluto das ações e grande exibição coletiva, o time de Marcelo Gallardo conseguiu o seu objetivo para esta rodada final da Libertadores, que era terminar a fase de grupos com a segunda melhor campanha geral do torneio.

Para que isso acontecesse, o River precisava vencer o Alianza Lima por três ou mais gols de diferença, e assim superaria o Flamengo no saldo de gols. Sedentos em conquistar essa vantagem, os comandados de Gallardo foram pra cima do rival peruano desde o minuto 1 e conseguiram uma vitória memorável por sete tentos de diferença. Com isso, o Rubro-Negro Carioca "caiu" para a terceira melhor campanha geral da Libertadores.

facebooktwitterreddit