Opinião

Internacional e Mano Menezes: uma aposta renomada e brasileira para o recomeço colorado

Antonio Mota
Mano Menezes é o favorito da diretoria do Internacional, que procura um novo treinador desde a saída de Alexander Medina.
Mano Menezes é o favorito da diretoria do Internacional, que procura um novo treinador desde a saída de Alexander Medina. / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Dias após se desvincular de Alexander Medina, o Internacional avançou nas tratativas pela contratação do técnico Mano Menezes. O Colorado já entrou em contato com o treinador e deu iniciou aos trâmites para trazê-lo ao Beira-Rio o quanto antes. Há otimismo pelo acerto e a expectativa é pelo anúncio nesta quarta-feira, 20, três dias antes do próximo compromisso do clube no Campeonato Brasileiro.

Com interesse mútuo pelo acerto, Inter e Mano estão debatendo agora sobre questões financeiras, técnicas, estruturais, tempo de contrato, composição da comissão técnica e outros assuntos. A projeção é que tudo seja alinhado ainda hoje e que o treinador assine um vínculo até o final da temporada, com renovação automática de contrato em caso do cumprimento de metas. As informações são do “ge”.

Mano Menezes Cruzeiro Bahia Internacional Palmeiras
Mano Menezes não emplacou em seus últimos trabalhos. / Alexandre Schneider/GettyImages

Sem treinador, o Inter muda de estratégia, se é que existia alguma, e avança em um velho comandante conhecido no Brasil. Mano não deu certo em nenhum dos seus últimos trabalhos e começou a cair de rendimento ainda no fim do seu ciclo no Cruzeiro, em 2019. De lá para cá, passou por Palmeiras, Bahia e Al-Nassr, da Arábia Saudita, e não conseguiu engatar sequer seis meses seguidos em uma mesma instituição.

Com Mano, o Colorado vai ter um possível escudo para a diretoria, um treinador experimente e alguém que conhece muito bem o futebol do país e do Sul. Pode dar certo, sobretudo pelas pretensões do clube: caminhar sem maiores problemas no Brasileirão e não cair precocemente na Sul-Americana, mas também pode ser mais uma prova de que os responsáveis pelo futebol do Inter estão “sem grandes perspectivas”.  

No mais, Mano Menezes não figura mais com tanta pompa no mercado de treinadores do Brasil e precisa de um bom trabalho para voltar à prateleira que o levou ao comando da Seleção Brasileira. É um bom nome para o Inter, que segue olhando para todos os lados enquanto pensa definir uma filosofia para aplicar no Beira-Rio.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit