Futebol brasileiro

Imprensa portuguesa repercute gritos de 'burro' direcionados a Paulo Sousa, técnico do Flamengo

Antonio Mota
Torcida ainda não 'engoliu' algumas decisões do português
Torcida ainda não 'engoliu' algumas decisões do português / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Flamengo venceu o Audax Rio por 2 a 1, no Raulino de Oliveira, na noite da última quinta-feira (10), pela 5ª rodada do Campeonato Carioca. O triunfo, porém, não foi o suficiente para os torcedores do clube presentes em Volta Redonda, que xingaram e criticaram o técnico Paulo Sousa. Após o apito final, o “novo Mister” falou sobre os gritos de “burro” e relativizou o ocorrido, falando na paixão e volatilidade da Nação.   

A torcida é muito passional, sabemos que as coisas acontecem há anos com treinadores e jogadores. Conforme ganhamos, te idolatram, metem-lhe lá em cima. E outras vezes te criticam. E são eles que acabam por ter sempre a razão porque são eles que estão no estádio e querem ver as suas coisas, mas a paixão deles os levam a ser diferentes hoje e amanhã”, declarou o treinador.  

As declarações de Paulo Sousa, bem como as “reclamações” da Nação, repercutiram fora do Brasil. Em Portugal, o Jornal “O Jogo” lembrou da recente derrota do Flamengo no Fla-Flu e destacou as ofensas direcionadas ao técnico, mostrando ainda trechos da entrevista após o término da partida do Cariocão. O diário luso “A Bola” também comentou sobre os gritos de “burro” e enfatizou que Paulo Sousa foi “alvo de algumas bocas de adeptos menos contentes”.  

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit