Copa América Feminina

4 jogadoras que podem decidir as semifinais da Copa América Feminina

Wéverton Rodrigues
Adriana, com cinco gols, é a principal goleadora do torneio até aqui
Adriana, com cinco gols, é a principal goleadora do torneio até aqui / Gabriel Aponte/GettyImages
facebooktwitterreddit

As semifinais da Copa América Feminina iniciam-se já nesta segunda-feira, 25. Colômbia e Argentina medem forças para saber quem chega à 9ª decisão do torneio latino. Do outro lado da chave, Brasil e Paraguai são as duas outras seleções que se enfrentam, na terça-feira (26), pela segunda vaga na final do próximo dia 30.

A Seleção Brasileira, melhor time da fase de grupos, tenta chegar à sua nona final consecutiva, já que nunca esteve fora de uma decisão. Brasil e Argentina, que podem decidir a Copa América com um Clássico das Américas, são as únicas campeãs do torneio continental: enquanto as brasileiras venceram sete vezes, as hermanas argentinas levaram o título de 2006 pra casa.

Confira, portanto, as 4 jogadoras que podem decidir em favor de seu país e, assim, garantir vaga na decisão.

4. Jessica Martínez (Paraguai)

Jessica Martinez
Camisa 10 do Paraguai busca protagonismo histórico nas semi / Gabriel Aponte/GettyImages

A Albirroja terá pela frente um desafio maior do que uma possível final da Copa América. Isso porque Jessica Martínez e cia terão as meninas do Brasil pela frente nesta terça, 26. Em três jogos disputados, a atacante de apenas 22 anos registrou três gols e ainda distribuiu uma assistência.

Tendo marcado em todas as partidas até aqui, a jogadora do Sevilla é uma arma do Paraguai na tentativa de eliminar a Seleção com melhor desempenho da fase de grupos. De olho nela!

3. Mayra Ramírez (Colômbia)

FBL-2022-COPA AMERICA-WOMEN-COL-CHI
Camisa 8 da Colômbia pretende contribuir novamente com equipe / JUAN BARRETO/GettyImages

Reserva na segunda rodada - jogo diante da Bolívia -, Mayra Ramírez já tinha marcado um gol no jogo anterior e, na partida seguinte, precisou de apenas 12 minutos para mostrar que tem condições de ser titular na Seleção da Colômbia nesta Copa América. A camisa 9 ainda deu o passe para o gol de Linda Caicedo, outro jovem destaque do torneio com seus 17 anos.

Polivalente, ele consegue fazer função mais aberta, pela ala direita e até mesmo mais centralizada. Até aqui, são três participações diretas em gols pela Seleção que dividiu o posto de melhor desempenho da primeira fase ao lado do Brasil: dois gols e uma assistência. A adversária desta segunda-feira será a Argentina, cascuda no torneio. Mayra Ramírez, porém, estará focada definitivamente em busca de fazer história com a camisa do seu país.

2. Yamila Rodríguez (Argentina)

Florencia Bonsegundo, Yamila Tamara Rodriguez
Camisa 11 da Argentina está na cola de Adriana pela liderança / Gabriel Aponte/GettyImages

Vice-artilheira com quatro gols marcados nos quatro jogos que disputou, a atacante veloz e incisiva da Seleção da Argentina entra no ranking por ter se destacado no sistema ofensivo albiceleste nesta primeira fase do torneio. Contra a Colômbia, a atacante de apenas 24 anos do Boca Juniors ainda tem duas assistências na conta e está sedenta de mais. O hat-trick contra o Uruguai mostra o sangue frio para decisão de Yamila Rodríguez.

1. Adriana (Brasil)

Adriana
Atacante do Corinthians começou Copa América com tudo e segue se destacando / Gabriel Aponte/GettyImages

Juntamente com Debinha, a atacante da Seleção Brasileira voou na primeira fase da Copa América Feminina em 2022. Com dois gols na estreia diante da Argentina, dois gols na segunda rodada contra o Uruguai e um gol contra o Peru, a meia-atacante do Corinthians pode ser o grande nome do país no jogo diante das paraguaias em busca da vaga na decisão do próximo sábado.

facebooktwitterreddit