Copa América Feminina

Semifinais da Copa América Feminina: confrontos, campanhas e favoritos à decisão

Nathália Almeida
Copa América Feminina já está em sua fase de semifinais
Copa América Feminina já está em sua fase de semifinais / Gabriel Aponte/GettyImages
facebooktwitterreddit

Depois de uma jornada classificatória recheada de gols, vitórias imponentes e inúmeros destaques individuais - listamos alguns deles aqui, na nossa seleção combinada da fase de grupos -, a Copa América Feminina inaugura suas semifinais nesta segunda-feira (25), com três grandes favoritas e uma "surpresa" figurando entre as quatro melhores equipes do continente.

No aquecimento para os derradeiros embates eliminatórios, o 90min traz um pequeno "guia" das semifinais da Copa América Feminina, com todas as informações sobre os confrontos, trajetória dos semifinalistas e os favoritos à decisão. Confira:


Semifinais: confrontos, datas, locais e onde assistir

FBL-2022-COPA AMERICA-WOMEN-VEN-ARG
Argentina é uma das equipes tradicionais do futebol feminino sul-americano / JUAN BARRETO/GettyImages

A primeira semifinal da Copa América Feminina será entre Colômbia e Argentina, e terá transmissão do canal fechado SporTV. A partida acontece a partir das 21h de Brasília desta segunda-feira (25), no Estádio Alfonso López, em Bucamaranga.

Já a segunda semifinal coloca frente a frente Brasil e Paraguai, duelo programado para as 21h de Brasília da terça-feira (26), também no Estádio Alfonso López, em Bucamaranga. O jogo da Canarinho terá transmissão do canal fechado SporTV e do SBT.


Campanha dos semifinalistas

FBL-2022-COPA AMERICA-WOMEN-ECU-PAR
O Paraguai é a grande surpresa do torneio nessas semifinais / PAOLA MAFLA/GettyImages

Cabeças de chave de seus respectivos grupos, Colômbia e Brasil foram as únicas seleções com 100% de aproveitamento na fase classificatória. Donas da casa, Las Cafeteras termiram a fase de grupos com quatro vitórias em quatro confrontos, com 13 gols marcados e apenas três sofridos. A Canarinho, por sua vez, teve a melhor campanha geral: 12 pontos conquistados, com 17 gols feitos e nenhum sofrido. É a única defesa que ainda não foi vazada na competição.

Argentina e Paraguai avançaram às semifinais como segundas colocadas de suas respectivas chave: ambas somaram três vitórias e apenas uma derrota em quatro compromissos. O saldo de gols da Albiceleste, no entanto, é bem melhor se comparado à Albirroja: 6x2. A defesa argentina sofreu apenas quatro gols no torneio, enquanto que as paraguaias foram vazadas sete vezes.


Tem favoritismo nas semifinais?

Liana Milena Salazar
A Colômbia vem mostrando enorme qualidade neste torneio / Gabriel Aponte/GettyImages

No duelo entre Brasil e Paraguai, há, sem dúvida, um favorito claro e evidente. Maior potência do futebol feminino sul-americano, a Canarinho deve avançar à final sem maiores problemas, sendo a equipe mais cotada ao título em solo colombiano. Fazendo uma boa campanha, a Albirroja chegou com méritos à fase de semifinais, mas este deve ser o "teto" para as paraguaias, já que do outro lado estará a equipe que conquistou sete das oito edições históricas de Copa América Feminina.

O confronto entre Colômbia e Argentina é bem mais parelho e complexo de cravar um favorito. Por tradição, a Albiceleste larga com vantagem, mas as colombianas estão com a sua melhor geração e ainda contam com o fator casa a favor. Além disso, o futebol feminino colombiano vem evoluindo bastante nos últimos anos, prova disso é a presença marcante de equipes do país em fases finais de Copa Libertadores. Ligeiro favoritismo para Las Cafeteras, portanto.

facebooktwitterreddit