Opinião

Chegada de Paulo Sousa marca nova fase de Hugo Souza como goleiro do Flamengo

Vitor Beloti
Goleiro de 22 anos já tem 40 jogos como profissional
Goleiro de 22 anos já tem 40 jogos como profissional / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Uma nova era está se iniciando no Flamengo após a saída do técnico Renato Gaúcho e a chegada do português Paulo Sousa, ex-Seleção da Polônia, ao lado de sua vasta comissão técnica - 6 integrantes vieram para o Brasil. Alguns jogadores que possuem posições 'cativas' na equipe titular do Rubro-negro serão analisados e, por este motivo, abrirá espaço para um jovem atleta das categorias de base do clube: Hugo Souza.

Atualmente, como conseguimos observar, o goleiro Diego Alves é o dono da posição desde sua chegada, em 2017, mas nas últimas temporadas o nível do defensor apenas caiu de rendimento. Além do mais, o alto número de lesões tem prejudicado tanto o atleta quanto o Flamengo, que perde muito com sua ausência durante os principais jogos do ano.

Flamengo v Athletico PR - Supercopa do Brasil
Diego Alves possui um largo histórico de lesões. / Buda Mendes/GettyImages

Na temporada de 2020, por exemplo, Diego Alves participou de 29 dos 70 jogos do Mais Querido naquela ano, onde se consagrou bicampeão brasileiro. No período seguinte, com a presença do técnico Rogério Ceni e Renato Gaúcho, o goleiro até esteve mais participativo, mas mesmo assim não conseguiu atuar da maneira que os rubro-negros esperavam: entrou em 49 dos 72 jogos da equipe.

Além disso, o quarto reserva César, que sofreu uma grave lesão no joelho em 2021, foi liberado pelo clube carioca e não atuará mais com a camisa do rubro-negro carioca, de acordo com o UOL Esporte. Assim como César, o até então terceiro reserva Gabriel Batista também não permanecerá no Ninho do Urubu após a reunião com os representantes do jogador, que decidiram encerrar o contrato, segundo as informações do jornalista Venê Casagrande. Cria da base, ele se reapresentou normalmente, mas deve ser liberado para procurar um novo destino em 2022.

Sendo assim, baseado na saída de seus principais concorrentes, a chegada do técnico Paulo Sousa pode ser colocada como o pontapé inicial da nova fase da carreira de Hugo Souza. Com passagem pelas categorias de base da Seleção Brasileira, ele inclusive já foi convocado por Tite para treinar com a equipe principal.

O próprio técnico Paulo Sousa indicou que outro goleiro deve ser contratado. Marchesín, do Porto, é um dos nomes especulados. Mesmo que isso aconteça, o novo reforço ainda passaria por um processo de adaptação, ao contrário de Hugo, que atua no Mais Querido desde os 10 anos de idade.

facebooktwitterreddit