Botafogo

Sem fornecedora desde fevereiro, Botafogo encaminha acerto com a Rebook; saiba mais

Lucas Humberto
Novas camisas devem ser comercializadas depois da disputa do Cariocão 2023
Novas camisas devem ser comercializadas depois da disputa do Cariocão 2023 / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

A Rebook será a nova fornecedora de material esportivo do Botafogo. Ainda restam detalhes para serem acertados entre as partes, mas a informação é que o Glorioso optou por fechar com a empresa norte-americana, que deve começar a estampar a camisa alvinegra e idealizar uma nova linha de uniformes a partir de 2023.

A boa relação entre John Textor, acionista majoritário da SAF do clube, e Jamie Salter, CEO da Authentic Brands Groups, que é detentora da Reebok, foi um dos trunfos para que as partes chegassem a um denominador comum. Jamie também é dono de uma parte das ações da Eagle Football, assim como Textor.

Desde o encerramento do contrato com a Kappa, o Botafogo não tem uma fornecedora de material esportivo. Houve um acordo com a Volt, mas a chegada de Textor mudou tudo. Ele rompeu unilateralmente com as marcas que patrocinavam o Glorioso em fevereiro. À época, o empresário disse que traria um parceiro conhecido pela alta qualidade e distribuição em larga escala.

Jeffinho, atacante do Botafogo
Botafogo empatou com o Fluminense / Wagner Meier/GettyImages

A decisão, claro, balançou as estruturas internas da agremiação, mas a falta de patrocínios não comprometeu os pagamentos, uma vez que a fonte de renda não era exatamente um problema. Há expectativas de que os novos uniformes estejam disponíveis para venda depois da disputa do Campeonato Carioca, ou seja, no início de 2023.

facebooktwitterreddit