Santos tem dia decisivo fora das quatro linhas: “Tudo pode acontecer”, fala Cuca

Antonio Mota
Cuca fala em 'clima ruim' às vésperas de votação pelo possível afastamento de José Carlos Peres, presidente do Santos.
Cuca fala em 'clima ruim' às vésperas de votação pelo possível afastamento de José Carlos Peres, presidente do Santos. / GUILHERME DIONIZIO/Getty Images
facebooktwitterreddit

A noite desta segunda-feira (28) promete ser agitada e conturbada na Vila Belmiro. Afinal, o Conselho Deliberativo do Santos vai se reunir para votar o parecer da Comissão de Inquérito da Sindicância (CIS) que sugere o afastamento imediato do presidente santista José Carlos Peres e toda a diretoria por “gestão temerária” – a ‘sugestão’ se deve a reprovação das contas do ano passado.

Vale notar que há duas correntes em discordância no Peixe: Estatuto do Clube versus Leis do Profut., sendo que a primeira deve votar pelo desligamento imediato de Peres e sua gestão e que a segunda tende a buscar a convocação de uma Assembleia Geral de Sócios para uma votação para um possível processo de impeachment do cartola. O clima vai esquentar no Alçapão.  

Clima quente na Vila: "Eu tive particularmente um dia muito ruim", revela Cuca.
Clima quente na Vila: "Eu tive particularmente um dia muito ruim", revela Cuca. / Pool/Getty Images

Questionado após o empate do Santos contra o Fortaleza, Cuca comentou sobre o assunto e lamentou a situação. "Eu tive particularmente um dia muito ruim, porque amanhã (hoje) teremos um dia conturbado aqui no Santos, um dia que pode acontecer uma série de coisas politicamente, estamos à mercê disso. Amanhã tudo pode acontecer, mudar tudo. Hoje passei o dia falando com advogado, é um peso muito grande, as coisas têm de se organizar para fora de campo tenhamos paz”, disse.

“Isso reflete dentro de campo, a gente sabe tudo o que ocorre, isso afeta no prosseguimento. Que a gente possa ficar ileso disso para quinta fazermos um bom jogo contra o Olímpia", acrescentou o treinador.

Cuca não vai ter reforços no Santos.
Cuca não vai ter reforços no Santos. / Miguel Schincariol/Getty Images

Para além do clima quente nos bastidores da Vila, Cuca ainda precisa lidar com as punições da FIFA ao Santos e que têm impactado fortemente no campo, sobretudo pela impossibilidade de registrar novos atletas ao grupo praiano – lembrando que a entidade máxima do futebol impediu o time de contratar nas próximas três janelas de transferências.

As informações acima são do UOL Esporte.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit