Santos define data de eleição que apontará presidente para o triênio 2021-2023

Santos's supporters flutter flags celebr
AFP/Getty Images

A eleição que apontará o novo presidente do Santos já tem data para acontecer. Na noite da última terça-feira, a mesa-diretora do Conselho Deliberativo esteve reunida com as comissões de Estatuto e Eleitoral, além de chefias de departamentos do clube, e definiu o dia 12 de dezembro para o pleito.

A partir de agora, os responsáveis pelo processo tratam de estabelecer os locais de votação e, também, as consultas às prefeituras de Santos e São Paulo para solicitar, mesmo em meio à pandemia de coronavírus, o apoio das autoridades de saúde para que os associados possam exercer sua escolha de forma presencial. “Pretendemos, também, comunicar a CBF, FPF e demais entidades esportivas para contar com o apoio das entidades no sentido de evitar programar jogos para a Vila Belmiro e na capital de São Paulo do masculino, feminino, de categorias e em todas as demais modalidades esportivas”, afirmou Marcelo Teixeira, presidente do Conselho Deliberativo.

Miguel Schincariol/Getty Images

A nova gestão do Santos será responsável por dirigir o clube no triênio 2021-2023. Até o momento, Andrés Rueda, segundo colocado no pleito de 2017, já se apresentou como candidato em uma aliança de oposição. Outros sete conselheiros se colocaram como pré-candidatos: Esmeraldo Tarquínio, Fernando Silva, Ricardo Agostinho, Milton Teixeira Filho, Rodrigo Marino, Daniel Curi e Vagner Lombardi. A situação ainda não tem um nome definido, ja que o presidente eleito, José Carlos Peres, está afastado do cargo e Orlando Rollo, que assumiu o seu lugar, ainda não se pronunciou se forma oficial.

Para mais notícias do Santos, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.