Futebol Internacional

Roma x Feyenoord: finalista da Conference League, José Mourinho fala em “fazer história"

Antonio Mota
Das críticas à Europa League às lágrimas na Conference League: o “novo” José Mourinho. Técnico da Roma fala em “fazer história” na terceira liga europ
Das críticas à Europa League às lágrimas na Conference League: o “novo” José Mourinho. Técnico da Roma fala em “fazer história” na terceira liga europ / Getty Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

A recém-criada Conference League vai conhecer o primeiro campeão da sua curta história na tarde desta quarta-feira (25). Roma e Feyenoord entram em campo na Arena Kombëtare, em Tirana, na Albânia, às 16h (de Brasília), pela grande final de uma das competições mais importantes do futebol europeu. À beira do campo, José Mourinho será uma das figuras ilustres e de maior prestígio na decisão da recém-criada competição europeia.

Polêmico e multicampeão, Mourinho reencontrou o caminho do sucesso à frente da Roma e, até aqui, entregou mais do que o esperado: uma final continental, algo que o clube romanista não participa desde os anos 1990. A decisão, porém, não será em um dos dois torneios mais consagrados do Velho Continente, casos de Champions League e Liga Europa, mas, sim, da modesta e jovem Conference League.

Curiosamente, o egocêntrico “Special One”, que já teceu diversas críticas sobre o patamar da Europa League, não demonstra estar insatisfeito ou que esteja dando pouca atenção para o derradeiro duelo do terceiro escalão europeu. Pelo contrário: até aqui, o treinador entrou com tudo nos jogos, trabalhou nos bastidores e fazer o máximo para chegar à final da Conference League. Inclusive, foi às lágrimas quando a Roma avançou para a decisão.

Em seu último clube antes iniciar o trabalho na Itália, por exemplo, José Mourinho colocou a Europa League como o “mínimo” que o Tottenham poderia conseguir após uma temporada irregular na Premier League. E frisou: “O mínimo que merecemos é terminar em uma posição que nos mantenha no futebol europeu, uma competição que não é do nosso nível. Somos melhores que isso, disse, emendando: “Mas o futebol não é sobre o que você merece”.

Agora, já na final da Liga Conferência, o Mister destaca a oportunidade de “fazer história” e até exalta o torneio como “nossa Champions League”. “É verdade que já garantimos a presença na Europa League, mas isso é algo normal para a Roma. Na final podemos fazer história e é isso que estamos aqui para fazer. Vamos ter que fazer tudo aquilo que estiver ao nosso alcance para o conseguir o título. Aconteça o que acontecer, sei que esta será uma temporada positiva”.

"É incrível porque nós podemos pensar e projetar tudo o que construímos aqui... Eu sei que as pessoas podem dizer que essa não é a Champions League, mas é a nossa Champions League. Nós conseguimos ganhar contra um time de Premier League (Leicester, na semifinal) e tudo o que essa competição representa ao longo da história. É um grande sentimento estar em mais uma final", afirmou, em conversa com a Sky Sports.

Com perspectiva diferente, José Mourinho volta a participar de uma final na Europa e mostra estar pronto para “fazer história” com a Roma. O “Special One”, em nova fase, tenta se tornar o primeiro treinador da história já ter conquistado a Champions, a Europa League e agora a Conference League. Uma lenda viva do jogo.

facebooktwitterreddit