Futebol Internacional

Conference League: relembre a trajetória da Roma até a grande final contra o Feyenoord

Matheus Nunes
Tammy Abraham, atacante da equipe italiana, é um dos artilheiros da competição
Tammy Abraham, atacante da equipe italiana, é um dos artilheiros da competição / Marco Canoniero/GettyImages
facebooktwitterreddit

Nesta quarta-feira (25), a Roma pode encerrar um jejum de 14 anos sem conquistar títulos. Além disso, José Mourinho pode se tornar o primeiro treinador a ser campeão das três competições europeias em vigor. Os italianos chegam na decisão da Conference League contra o Feyenoord como favoritos a levantarem o troféu.

Os Giallorossi lideraram o Grupo C, que ainda tinha Bodo/Glim, Zorya e CSKA Sófia como seus adversários. Nesta fase foram quatro vitórias, um empate e uma derrota. O único revés abalou um pouco os ânimos da equipe, pois saiu de campo goleado por 6 a 1 para o desconhecido Bodo/Glimt, da Noruega. Foi a primeira vez que um time comandado por Mourinho sofreu seis gols em uma partida.

AS Roma vs CSKA Sofia: UEFA Europa Conference League
A Roma encerrou a fase de grupos com vitória sobre o CSKA Sófia, por 3 a 2 / Anadolu Agency/GettyImages

Mesmo diante do vexame, a Roma conseguiu se recuperar e avançou para o mata-mata. Já nas oitavas de final enfrentou o Vitesse, da Holanda. Uma vitória por 1 a 0 fora e um empate por 1 a 1 em casa garantiram a permanência do time na competição.

Na fase seguinte, os italianos bateram de frente novamente com os noruegueses. Era a hora da revanche entre as equipes e da Roma descontar o placar sofrido na fase de grupos. Porém, os Giallorossi tropeçaram mais uma vez, pelo jogo de ida no estádio dos adversários. O placar foi revertido no duelo de volta, no Stadio Olimpico, com direito a um hat-trick de Nicolò Zaniolo. A partida terminou 4 a 0 para os mandantes.

Para chegar à final, a Roma teve que medir forças com o Leicester, da Inglaterra. O empate em 1 a 1 no King Power Stadium deixou a vaga em aberto. Com o apoio dos seus torcedores, os comandados de Mourinho venceram por 1 a 0 com gol de Tammy Abraham e garantiram presença na decisão.

O camisa 9 da equipe italiana é um dos maiores goleadores da Conference League, com nove gols. Ele disputa a artilharia com Cyriel Dessers, do Feyenoord, que balançou as redes 10 vezes.

facebooktwitterreddit