Futebol Internacional

Quais seriam os vencedores do Bola de Ouro se Messi e Cristiano Ronaldo não existissem?

Antonio Mota
Lionel Messi ganhou sua sétima Bola de Ouro neste ano. Craque do PSG é o recordista da premiação.
Lionel Messi ganhou sua sétima Bola de Ouro neste ano. Craque do PSG é o recordista da premiação. / FRANCK FIFE/GettyImages
facebooktwitterreddit

Lionel Messi recebeu a sétima Bola de Ouro, condecoração individual dada ao melhor do mundo da Revista “France Football”, na última segunda-feira, 29, em cerimônia no Théâtre du Châtelet, em Paris. Com o prêmio, o camisa 20 do Paris Saint-Germain deixou Cristiano Ronaldo ainda mais para trás e igualou Pelé como o atleta mais vezes eleito melhor do mundo de todos os tempos.

Além disso, o ídolo do Barcelona também deu sequência a dinastia imposta por ele e CR7 na Bola de Ouro na última década. Juntos, Messi e Cristiano Ronaldo conquistaram 12 Ballon d'Or desde o final dos anos 2000. O hermano ganhou o prêmio em sete oportunidades (2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021), enquanto o português levou a melhor cinco vezes (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017).

Neste cenário, considerando apenas o período em que os dois começaram a dominar a premiação da France Football (de 2013 para cá), surge um belo questionamento: quais seriam os vencedores do Bola de Ouro se não houvesse Messi e Cristiano Ronaldo?

Em 2013, sem Messi e Ronaldo, o ganhador da Bola de Ouro seria Franck Ribéry, do Bayern de Munique. À época, o atacante foi um dos grandes nomes do futebol mundial e ajudou os Bávaros a conquistar a Champions League e praticamente todos os títulos dentro da Alemanha.

Já em 2014, Manuel Neuer ficaria com o prêmio de melhor do mundo da revista francesa. Na ocasião, o lendário arqueiro do Bayern de Munique ganhou a Copa do Mundo com a Seleção Alemã e participou de várias conquistas com o poderoso clube bávaro.

Sem Messi e Ronaldo, Neymar já teria duas Bolas de Ouro: uma de 2015 e outra de 2017. Em plena forma no Barcelona, o camisa 10 foi muito bem nestas temporadas e chamou atenção por tirar protagonismo da dupla. Além disso, ele também ganhou títulos de expressão no período, como a Champions League 2014/15.  

Neymar Bolas de Ouro  Messi Ronaldo
Neymar teria duas Bolas de Ouro em um mundo sem Messi e CR7. / Laurence Griffiths/GettyImages

Em 2016, o vencedor da Bola de Ouro seria Antoine Griezmann, que brilhou no Atlético de Madrid e foi um dos destaques do futebol mundial. Em 2018, Luka Modrić, do Real Madrid, quebrou a sequência de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo e ficou com o prêmio.

Já em 2019, o zagueiro Virgil van Dijk, do
Liverpool, ficaria com a Bola de Ouro. À época, o defensor deixou o mundo impressionado com seu potencial e apareceu forte na corrida pelo posto de melhor do planeta. A France Football não entregou o prêmio no ano passado (2020) por conta da pandemia da Covid-19.

Por fim, neste ano, o melhor do mundo da tradicional revista francesa seria Robert Lewandowski, também do Bayern de Munique. O craque, que ganhou o The Best no ano passado, aliás, foi apontado como um dos favoritos ao prêmio, mas Messi ganhou mais uma vez.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit