Copa América

Presidente do Grêmio se posiciona contra Copa América em Porto Alegre; veja declaração

Lucas Humberto
Romildo Bolzan destacou que o Grêmio não vai abrir mão de mandar seus jogos na Arena.
Romildo Bolzan destacou que o Grêmio não vai abrir mão de mandar seus jogos na Arena. / Silvio Avila/Getty Images
facebooktwitterreddit

As primeiras reações ao movimento de receber a Copa América 2021 no Brasil não estão sendo favoráveis. Depois de autoridades locais se manifestarem, Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, posicionou-se contrário à ideia. Em entrevista concedida ao portal GZH, ele afirmou que o Imortal "não trabalha com a hipótese de uma Copa América em Porto Alegre".

"Não acho prudente neste momento. A Copa América já foi recusada em dois ou três países. Não vejo a possibilidade de que seja jogada no Rio Grande do Sul e nos dois estádios (Arena e Beira-Rio). Do ponto de vista sanitário, não é recomendável que se gere todo um aparato para uma Copa América, que é de seleções, mas que no cenário do futebol mundial não tem muita expressão. Não creio que, diante das circunstâncias, seja uma situação de bom proveito para a cidade"

Romildo Bolzan à GZH
Copa América Colômbia Argentina Bolzan Grêmio Porto Alegre
Copa América recebeu negativas de Colômbia e Argentina. / JUAN BARRETO/Getty Images

O presidente ainda destacou que os comandados de Tiago Nunes não vão abrir mão de mandar seus jogos na Arena, "mesmo que eles sejam conflitantes com qualquer situação desta natureza", completou Bolzan. Vale destacar que, nesta segunda-feira (31), o prefeito Sebastião Melo informou que iria tentar incluir Porto Alegre entre as sedes da competição.

facebooktwitterreddit