Palmeiras

Palmeiras: Weverton fala sobre eliminação na Libertadores e rechaça “obrigação” no Campeonato Brasileiro

Antonio Mota
Weverton descarta obrigação de título no Brasileirão após queda do Palmeiras na Libertadores. “Obrigação para a gente é se dedicar, trabalhar...”.
Weverton descarta obrigação de título no Brasileirão após queda do Palmeiras na Libertadores. “Obrigação para a gente é se dedicar, trabalhar...”. / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Semanas após ser eliminado na Copa do Brasil, o Palmeiras se despediu de mais uma competição na noite da última terça-feira, 6, ao empatar com o Athletico-PR em 2 a 2, no Allianz Parque, e cair nas semifinais da Conmebol Libertadores. Já fora de campo, o goleiro Weverton falou sobre a sequência dos trabalhos e rechaçou “obrigação” de título no Campeonato Brasileiro – lembrando que o Verdão é o líder isolado da liga, com sete pontos de vantagem para o vice Flamengo (51 a 44).

"Eu estava só esperando, estava demorando para vocês [repórteres] fazerem essa pergunta de obrigação. É muito diferente às vezes o ambiente que se tem dentro do clube e o ambiente que se cria fora do clube. O que é obrigação para a gente é se dedicar, trabalhar, comparecer todos os dias naquilo que o clube determina, fazer nosso melhor. Isso é nossa obrigação”, iniciou, antes de emendar:

"Todas as outras coisas não são nossa obrigação. Vamos competir como todos os outros times vão competir e querem vencer. Falar de obrigação não, temos obrigações de treinar, se dedicar e fazer tudo da forma mais correta. Sempre procurar fazer o melhor e sempre procurar vencer."

completou Weverton, goleiro do Palmeiras
Palmeiras tem apenas o Brasileirão na sequência da temporada.
Com Weverton, Palmeiras tem apenas o Brasileirão na sequência da temporada. / Alexandre Schneider/GettyImages

O goleiro do Palmeiras falou sobre o sentimento após a queda na Libertadores. “A gente sai triste, assim como o torcedor. Mas os torcedores palmeirenses sabem o quanto a gente se dedicou, o quanto a gente lutou para vencer e infelizmente não conseguiu. Esse é o sentimento que fica, de que houve total entrega dos atletas que estiveram em campo e fora, o torcedor reconheceu isso e sabe que temos uma boa caminhada pela frente”, frisou.

Weverton voltou a falar sobre o Brasileirão e ‘convocou a torcida’. “O Campeonato Brasileiro está aí e a gente vai lutar por ele. Tenho certeza que a partir de sábado o torcedor estará aqui nos apoiando de novo porque ele conhece o caráter dessa equipe, sabe que é uma equipe que se entrega em campo e faz sempre o melhor", finalizou.

Weverton sobre a expulsão de Murilo

Em seu bate-papo com os jornalistas, Weverton também falou sobre a expulsão do jovem zagueiro Murilo e fez questão de defender o companheiro.

"Quando você perde um jogador é muito mais difícil, mas isso faz parte. Ninguém quer ser expulso de propósito. O Murilo sabe da sua personalidade, do seu caráter. Tentamos muito correr por ele e jogar por ele e pela equipe toda, mas infelizmente não conseguimos... Tentar correr, virar o jogo mais uma vez com um jogador a menos fica muito mais difícil. Mas vamos seguir em frente, temos o Brasileiro e vamos continuar brigando para dar tudo certo no final do ano”, salientou.

facebooktwitterreddit