Flamengo

Os números e o desempenho dos 5 treinadores do Flamengo na 'gestão Landim'

Antonio Mota
Cinco treinadores, além de dois interinos, passaram pelo Flamengo na era Rodolfo Landim. Veja os números.
Cinco treinadores, além de dois interinos, passaram pelo Flamengo na era Rodolfo Landim. Veja os números. / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

O técnico Renato Gaúcho encerrou sua passagem pelo Flamengo na última segunda-feira, 29, após insucessos no Campeonato Brasileiro, na Copa do Brasil e na Conmebol Libertadores. Com o fim do trabalho do treinador, o Rubro-Negro Carioca se despediu do quinto técnico da gestão do presidente Rodolfo Landim, que assumiu o clube há três anos, em 2019.

Desde o início da "era Landim", o Flamengo foi treinado por Abel Braga, Jorge Jesus, Domènec Torrent, Rogério Ceni e, por fim, Renato Gaúcho. Isto é, foram cinco treinadores em três anos. No período, o Fla ainda foi comandado interinamente por Marcelo Salles e, agora, por Maurício Souza, que assumiu o clube até o final do ano.  

Jorge Jesus Flamengo
Jorge Jesus foi o melhor treinador da gestão Rodolfo Landim. / Wagner Meier/GettyImages

De acordo com informações do Lance!, os treinadores tiveram, em média, 208 dias de Flamengo na gestão Landim. O site fez a contagem considerando os dias em que o clube anunciou a chegada e, posteriormente, a saída de cada treinador. Vale notar, também, que nenhum dos cinco técnicos chegou a iniciar e encerrar uma mesma temporada na equipe.

Dos cinco, Jorge Jesus foi quem teve o trabalho mais longevo. O Mister ficou 412 dias à frente do Flamengo, no período entre junho de 2019 e julho de 2020. Rogério Ceni (242 dias) vem em segundo e é seguido por: Abel Braga (148), Renato Gaúcho (136) e Domènec Torrent (101). O catalão foi o que trabalhou menos tempo na equipe.

Outro detalhe importante é que Jorge Jesus foi o único que deixou o Flamengo. No ano passado, em meio à pandemia da Covid-19, o luso optou por deixar o Brasil e voltou ao Benfica. Os outros treinadores foram demitidos ou entraram “em comum acordo” com o Mais Querido.

Agora, sem treinador, o Flamengo volta ao mercado e procura um novo técnico para a próxima temporada. Cabe lembrar, ainda, que o clube vai passar por eleições presidenciais no próximo final de semana, no dia 4.

Do aproveitamento de cada treinador na era Landim

Rogerio Ceni Flamengo
Rogério Ceni ganhou um Campeonato Brasileiro no Flamengo. / Wagner Meier/GettyImages

Jorge Jesus foi o treinador com o melhor aproveitamento na era Rodolfo Landim. Entre 2019 e 2020, o Mister comandou o Flamengo em 57 partidas e teve mais de 81% de aproveitamento, conforme dados do Footstats. Além disso, o português também conquistou cinco títulos no clube, incluindo uma Libertadores e um Campeonato Brasileiro.

Os outros treinadores tiveram desempenho muito inferior ao de Jesus. Com 73% de aproveitamento, Renato foi o segundo melhor neste quesito. Domènec Torrent e Abel Braga tiveram pouco mais de 60% de aproveitamento: 64% e 62%, respectivamente. Enquanto Rogério Ceni saiu do clube com apenas 59%.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit