Futebol Internacional

Os números de Gerson, ex-Flamengo, na atual temporada com o Olympique de Marseille

Antonio Mota
Ex-Fluminense e Flamengo, Gerson cresceu de produção no Olympique de Marseille, da França, nas últimas semanas.
Ex-Fluminense e Flamengo, Gerson cresceu de produção no Olympique de Marseille, da França, nas últimas semanas. / RvS.Media/Basile Barbey/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após fase turbulenta em seu retorno à Europa, no segundo semestre do ano passado, o meio-campista Gerson, ex-Flamengo e Fluminense, parece estar entrando em sintonia no Olympique de Marseille, da França. No último final de semana, por exemplo, o camisa 8 deu importância assistência no triunfo por 2 a 1 do L'OM diante do Nice, no Stade Vélodrome, pela 29ª rodada da Ligue 1.

Com o passe para gol, o Coringa, como ficou conhecido no Brasil, confirmou o seu bom momento e ajudou o time de Marselha a assumir a vice-liderança do Campeonato Francês, com 53 pontos, ficando atrás apenas do Paris Saint-Germain. Reposicionado pelo técnico Jorge Sampaoli, o meio-campista tem atuado com liberdade e se mostrado à vontade em campo.

Gerson Santos Da Silva Flamengo Olympique Marseille Ligue 1 França Futebol Seleção Brasileira
Gerson tem acumulado boas atuações na França. / RvS.Media/Basile Barbey/GettyImages

Mas e os números? Até agora, Gerson disputou 36 partidas nesta temporada (2021/22) e participou diretamente de 12 gols, sendo sete assistências e cinco tentos. E mais, o momento do brasileiro é muito bom, com um gol e dois passes para gol nos últimos três jogos – dois da Ligue 1 e uma da Liga Conferência.

Com a chegada da Data Fifa, Gerson, que não foi chamado pela Seleção Brasileira, e o Olympique de Marseille voltarão a campo apenas no início do mês que vem, contra o Saint-Étienne, fora de casa, em nova partida da liga local. Atualmente, o L'OM é o segundo na tabela do torneio, tendo um ponto de vantagem para Rennes (3º) e três para o Nice (4º).

Gerson x Arthur: disputa por vaga na Copa do Mundo?

Apesar da boa fase na França, Gerson não apareceu na lista mais recente dos convocados da Seleção Brasileira, que se prepara para os últimos confrontos das Eliminatórias da Copa do Mundo. O camisa 8 ficou “para trás”, por exemplo, ao menos nesta convocação, do meio-campista Arthur, da Juventus.

O ex-Grêmio, no entanto, tem números inferiores ao do ex-Flamengo. Nesta temporada, em meio ao altos e baixos na Itália, o meia entrou em campo em 26 jogos e contribuiu com apenas uma assistência.

Ao ser questionado sobre o retorno do meia à Seleção, Tite pediu ajuda aos seus auxiliares, que falaram que o meia tem recebido mais oportunidades na Juve e que tem características diferentes das dos atuais jogadores do grupo, como “movimentação de controle de jogo, de rodar por trás com a bola e conduzir o jogo com muita qualidade”, disse o  auxiliar Cléber Xavier.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit