Futebol Internacional

Os jogadores com mais assistências em cada temporada desde o ano 2000

Antonio Mota
Cristiano Ronaldo e Lionel Messi deram muitas assistências nas últimas décadas.
Cristiano Ronaldo e Lionel Messi deram muitas assistências nas últimas décadas. / Laurence Griffiths/GettyImages
facebooktwitterreddit

Um fato curioso e até engraçado sobre o futebol é que os torcedores sempre querem saber (ou lembram) quem marcou o gol, mas nem sempre quem deu a assistência. Os "assistentes", ou melhor, os garçons são subestimados, ficam em segundo plano e muitas vezes sequer são lembrados durante as resenhas após uma determinada vitória ou título de uma equipe.

Pensando nisso, o 90min Brasil decidiu "dar uma moral" para os craques das assistências e lembrar de cada jogador com mais passes para gol em cada ano nas últimas duas décadas – de 2000 até 2020. Confira:

De 2000 até 2009: Luís Figo, Henry, Deco e outros craques

Barcelona Deco
Deco brilhou muito no Barcelona. / Jasper Juinen/GettyImages

O futebol mundial era dominado por outras estrelas no início do século, quando Lionel Messi e Cristiano Ronaldo ainda estavam “aquecendo os motores”. Entre 2000 e 2009, vários ícones do esporte conseguiram o posto de “garçom do ano”. Veja:

Luís Figo - 2000 - Barcelona/Real Madrid

Jogos: 48

Assistências: 25



Luís Figo - 2001 - Real Madrid

Jogos: 53

Assistências: 20



Luís Figo - 2002 - Real Madrid

Jogos: 20

Assistências: 20



Thierry Henry - 2003 - Arsenal

Jogos: 51

Assistências: 28



Deco - 2004 - Porto/Barcelona

Jogos: 48

Assistências: 23



Ronaldinho - 2005 - Barcelona

Jogos: 44

Assistências: 24



Juninho Pernambucano - 2006 - Lyon

Jogos: 44

Assistências: 24



Cristiano Ronaldo - 2007 - Manchester United

Jogos: 50

Assistências: 20



Lionel Messi - 2008 - Barcelona

Jogos: 40

Assistências: 18



Mesut Özil- 2009 - Werder Bremen

Jogos: 41

Assistências: 28

De 2010 a 2020: Messi, Neymar, Cristiano Ronaldo e mais

Lionel Messi, Neymar, Cristiano Ronaldo
As maiores estrelas do século também sabem dar passes para gol. / Matthias Hangst/GettyImages

Já reinando no esporte, Cristiano Ronaldo e Messi enfrentaram concorrentes de peso e foram menos “garçons” do que outros craques, incluindo Neymar, em muitos anos na década passada. Veja:

Mesut Özil - 2010 - Werder Bremen/Real Madrid

Jogos: 46

Assistências: 23



Lionel Messi - 2011 - Barcelona

Jogos: 54

Assistências: 29



Eden Hazard - 2012 - Lille/Chelsea

Jogos: 52

Assistências: 30



Mesut Özil - 2013 - Real Madrid/Arsenal

Jogos: 51

Assistências: 25



Cristiano Ronaldo - 2014 - Real Madrid

Jogos: 48

Assistências: 25



Kevin de Bruyne - 2015 - Wolfsburg/Manchester City

Jogos: 54

Assistências: 28



Lionel Messi - 2016 - Barcelona

Jogos: 51

Assistências: 28



Neymar - 2017 - Barcelona

Jogos: 47

Assistências: 27



Luis Suárez - 2018 - Barcelona

Jogos: 50

Assistências: 27



Kevin de Bruyne - 2019 - Manchester City

Jogos: 47

Assistências: 23



Lionel Messi - 2020 - Barcelona

Jogos: 44

Assistências: 26

Luís Figo, Cristiano Ronaldo, Özil, Messi e De Bruyne são os únicos jogadores que conseguiram aparecer na lista em mais de uma oportunidade. Messi, aliás, foi o maior destaque, com quatro aparições: 2008, 2011, 2016 e 2020.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit