Futebol brasileiro

Novo formato? Série C de 2022 pode ser disputada em pontos corridos; entenda

Antonio Mota
Clubes e CBF se reunião na tarde desta sexta-feira, 4, para tratar do futuro da Série C.
Clubes e CBF se reunião na tarde desta sexta-feira, 4, para tratar do futuro da Série C. / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

A CBF vai se reunir virtualmente com os clubes da Série C do Campeonato Brasileiro de 2022, na tarde desta sexta-feira (4), para discutir o formato de disputa da divisão. Conforme informações do “ge”, a Confederação tenta superar conflitos de interesses e definir o futuro da Terceirona, a qual pode mudar de modelo e adotar a fórmula de pontos corridos neste ano.

De acordo com a fonte citada, a proposta de pontos corridos ganhou força nos últimos dias diante da falta de consenso entre os clubes. Atualmente, 11 equipes apoiam a alteração do formato original, isto é, do modelo de disputa com dois grupos regionalizados. O site informou ainda que dificilmente os times chegarão a um denominador comum neste quesito.

“É uma questão meramente financeira. Não dá para viajar mais sem uma contrapartida da CBF. Precisamos de patrocinadores para investir nesse formato. Fizemos um levantamento, e só para logística da própria CBF serão necessários R$ 8 milhões a mais do que foi em 2021”, frisou o cartola Alexandre Cavalcanti, presidente do Botafogo-PB.

Cavalcanti é o líder do grupo minoritário que é favorável à manutenção do modelo da Série C, que foi disputada da seguinte maneira na temporada passada: os times foram divididos em dois grupos de 10 e, depois, os quatro primeiros colocados avançavam para a 2ª Fase. O dirigente, porém, afirma que os times contrários ao modelo de pontos corridos ainda podem mudar de ideia.

“Não somos contrários aos pontos corridos. Mas é preciso fazer as contas, termos um aporte para bancar viagens mais longas. Uma coisa é jogar em Natal, em Campina Grande ou Salvador. Outra é ir para o interior de São Paulo ou do Rio Grande do Sul. E vice-versa. Vale para os clubes de lá também. Agora, se houver viabilidade econômica, não é problema”, completou.

Da proposta para uma “nova” Série C” em 2022

A proposta de pontos corridos ganhou apoiadores e se tornou predominante entre os clubes da Série C. A ideia seria um torneio em pontos corridos, como nas Séries A e B, mas com apenas um turno. Em seguida, após os 20 times se enfrentarem, os oito melhores classificados se enfrentariam em uma Segunda Fase.

A 2ª Fase seria disputada em formato com dois quadrangulares ou em mata-mata simples até a final. De todo modo, o calendário não mudaria muito, ficando com 27 ou 25 rodadas. Ainda conforme o “ge”, a CBF já reservou 26 datas para a disputa da Série C de 2022.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit