Champions League

Neymar reclama de cartão amarelo após comemoração de gol: 'É só comigo que acontecem as coisas'

Fabio Utz
Careta em comemoração de gol rendeu punição ao atleta
Careta em comemoração de gol rendeu punição ao atleta / Soccrates Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

Neymar, mais uma vez, foi protagonista do Paris Saint-Germain. Nesta quarta-feira, diante do Maccabi Haifa, ele marcou o último gol da vitória por 3 a 1, em Israel, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo H da Champions League. Até aí, tudo bem. Só que ele recebeu cartão amarelo durante a celebração do tento e, depois da partida, reclamou da ação do árbitro.

O alemão Daniel Siebert era o responsável pela arbitragem e aplicou a punição porque o brasileiro fez uma careta, que já virou tradição nos momentos de celebração do astro. Isso fez com que Neymar fosse as redes sociais e, através de um vídeo, criticasse a atitude.

"Mais uma vitória, parabéns. Mas seguimos, né? Isso aí, comemoração, amarelo. Mais uma para a lista do NJ. É só comigo que acontecem as coisas. Na próxima vez, vou avisar os árbitros o que vou fazer."

Neymar

À TNT Sports, o camisa disse que chegou a ter uma conversa com o árbitro. Este teria pedido desculpas, não consideradas suficientes pelo jogador. "Encontrei o juiz aqui fora, perguntei 'por que você meu deu amarelo?'. Ele me pediu desculpas, disse que confia em mim. Confia em mim agora, mas na hora meu deu amarelo, estou com um amarelo nas costas. O futebol está muito chato. Tenho que avisar a Uefa para não tomar amarelo? É uma falta de respeito isso", destacou.

facebooktwitterreddit