Reportagem especial

7 jogadoras que representam o futuro do futebol feminino brasileiro

Antonio Mota
Com Jheniffer, do Corinthians, e outras craques: veja jogadores que representam o futuro do futebol feminino no Brasil.
Com Jheniffer, do Corinthians, e outras craques: veja jogadores que representam o futuro do futebol feminino no Brasil. / Christian Alvarenga/GettyImages
facebooktwitterreddit

O futebol feminino vem ganhando terreno a cada temporada no Brasil e no mundo. Com mais fãs, mais holofotes e mais mulheres protagonistas dentro e fora dos gramados, a modalidade tem respirado melhor e olhado para o futuro com mais otimismo. E, no meio de tantas transformações e lutas, algumas jovens muito talentosas têm 'pedido passagem'.  Aproveitando o gancho do Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta terça-feira (8), reunimos alguns desses talentos, e a lista você confere a seguir.

1. Jheniffer – Corinthians – 20 anos

Jheniffer da Silva Corinthians
Jheniffer é um dos grandes talentos do Corinthians. / Christian Alvarenga/GettyImages

Destaque do Corinthians nas últimas temporadas, ela é dona de um talento raro. A atacante se destaca na América do Sul há um bom tempo e certamente vai construir uma belíssima carreira no mundo da bola. É um nome a se observar, tanto que já brilhou nas últimas edições de Campeonato Brasileiro e Libertadores. Joga muito.

2. Gio Queiroz – Levante/Barcelona – 18 anos

Seleção Brasileira Barcelona Levante Giovana Queiroz
Gio Queiroz é o futuro e o presente da Seleção Brasileira. / Angel Martinez/GettyImages

Um dos principais nomes dessa geração atua no futebol espanhol - mais precisamente no Levante, emprestada pelo tradicional Barcelona. A jovem atacante ganhou recentemente o prêmio Samba Gold, dado à melhor jogadora brasileira no exterior. É um fenômeno. E, apesar da pouca idade, vem ganhando espaço na Seleção Brasileira.

3. Ary Borges – Palmeiras – 22 anos

Do Maranhão para o mundo. Após passar por Sport e São Paulo, Ary Borges chegou ao Palmeiras em 2020 e, desde então, vem crescendo e mostrando muito potencial. A meio-campista defende a Seleção Brasileira e é muito elogiada pela exigente Pia Sundhage, que ressaltou drible, velocidade, técnica e resistência como suas principais características.

4. Tainara – Bourdeaux – 22 anos

Segura e muito qualificada, a defensora tem tudo para trilhar uma bela carreira em clubes e na Seleção, da qual já vem fazendo parte. "Gostei de alguns aspectos desse jogo, como algumas jogadas da Rafa e da Tainara, elas foram excelentes na defesa", declarou Pia após empate diante da Finlândia em fevereiro pelo Torneio Internacional da França.

5. Angelina – OL Reign – 22 anos

Angelina Brasil
Jogadora integrou elenco campeão sul-americano sub-20 em 2018 / Jane Gershovich/ISI Photos/GettyImages

A meio-campista é outra promessa a ser mantida no radar. Natural de New Jersey, nos EUA, a jovem que já foi uma das Sereias da Vila e também passou por Vasco e Palmeiras antes de voltar ao país natal, onde atualmente veste a camisa de uma das filiais do Lyon, uma das potências no futebol feminino. Ela tem a versatilidade e a liderança como pontos fortes, tanto que foi capitã na sub-20 e esteve nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

6. Lara Dantas - IMG Soccer Academy - 16 anos

Cria do Fluminense, onde marcou 10 gols em 28 jogos, ela deixou o Brasil aos 15 anos rumo aos EUA para estudar e concluir a formação no IMG Soccer Academy. A novata meio-campista representa a Seleção Brasileira no Sul-Americano sub-17 e já foi comparada com Marta pela qualidade técnica e visão de jogo.

7. Isa - São Paulo - 18 anos

Apesar da pouca idade, é dona de um currículo invejável. Atleta do São Paulo desde 2017, integra a geração tetracampeã do Campeonato Paulista da categoria, além de ter vencido o Brasileirão Feminino sub-16 (2019) e sub-18 (2021). Tem passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira. "Eu corro muito, vontade não falta e tenho muita garra. Gosto de receber a bola em velocidade no fundo", declarou ao site oficial do Tricolor do Morumbi.

facebooktwitterreddit