Brasileirao Série A

Goiás surpreende, quebra invencibilidade do Athletico-PR e sai da zona de rebaixamento do Brasileirão

Bia Palumbo
Pedro Raul deixou o dele contra o Athletico-PR e chegou a 15 gols na temporada
Pedro Raul deixou o dele contra o Athletico-PR e chegou a 15 gols na temporada / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Desgastado após avançar na Libertadores, o Athletico-PR perdeu por 2 a 1 para o Goiás neste sábado (9), no Estádio da Serrinha, em Goiânia, e pode até sair do G-4 até o final da 16ª rodada do Brasileirão. O Furacão estava há 14 partidas sem saber o que é derrota e o triunfo fez o Esmeraldino deixar a zona de rebaixamento e pular para o 11º lugar.

A vitória foi construída basicamente no primeiro tempo. Pedro Raul mexeu no placar logo aos cinco minutos e Nicolas ampliou aos 39. O Furacão voltou do intervalo com novidades e as escolhas de Felipão deram certo, tanto que dois dos que entraram na etapa final foram decisivos. Marcelo Cirino iniciou a jogada que resultou em pênalti convertido pelo uruguaio David Terans, o batedor oficial do Athletico, mas a reação parou por aí.

Com este resultado, o Athletico-PR fica com 27 pontos e ocupa o 3º lugar, mas pode ser ultrapassado por três clubes e sair do G-4, mas na pior das hipóteses tem garantida a vaga no G-6. O Goiás, por sua vez, atingiu 20 pontos e subiu para a 11ª posição, sem chances de retornar à zona de rebaixamento nesta rodada.

O Athletico-PR estava embalado na temporada - o último revés tinha sido um 2 a 1 para o Fluminense em 14 de maio, também pelo Campeonato Brasileiro. Desde então foram 10 vitórias e quatro empates, classificações consecutivas na Copa do Brasil e Libertadores.

facebooktwitterreddit