Giuly relembra tempo no Barcelona, ascensão de Messi e revela craque que o surpreendeu: 'Nunca vi igual'

Dec 22, 2020, 1:16 PM GMT-3
Barcelona's Ludocic Giuly (R) of France
Barcelona's Ludocic Giuly (R) of France | CESAR RANGEL/Getty Images
facebooktwitterreddit

Meia-atacante habilidoso e de muito recurso técnico, Ludovic Giuly viveu os 'anos dourados' da sua carreira profissional na Catalunha, vestindo a camisa do Barcelona entre os anos de 2004 e 2007. Aposentado dos gramados desde o ano de 2016, o francês segue diretamente envolvido no mundo do futebol e se aperfeiçoa para iniciar sua carreira como treinador, obtendo recentemente sua licença UEFA PRO na Espanha.

Em entrevista exclusiva concedida ao 90min França, Giuly abriu o jogo sobre seu time do coração e relembrou os tempos vestindo a camisa do Barcelona, clube pelo qual viveu o jogo mais marcante de sua carreira: "Podemos dizer que o Mônaco é o meu clube do coração. Passei quase oito anos lá, vivi coisas extraordinárias. Quanto ao Barcelona, é um orgulho ter jogado por este grande clube e ter vencido a Champions League, a final contra o Arsenal em 2006 foi o maior presente mais bonito e o maior troféu que conquistei como jogador", afirmou.

FOOT-MONACO-TROYES
FOOT-MONACO-TROYES | PATRICE LAPOIRIE/Getty Images

Perguntado sobre dois gênios com os quais teve a oportunidade de dividir os gramados e os vestiários - Ronaldinho Gaúcho e Lionel Messi -, o ex-camisa 8 francês não poupou elogios à dupla, mas também não hesitou ao apontar quem mais lhe surpreendeu.

"Nunca vi alguém tão forte e de nível técnico tão alto quanto Ronnie [Ronaldinho]. O que ele fazia nos treinos era enorme, nunca tínhamos visto aquilo. Ele realmente me impressionou. E também é uma excelente pessoa, humanamente falando. Sobre Messi, foi ele quem tomou o meu lugar e não há problema nisso. Quando ele chegou, eu sabia que seria um craque e que iria explodir. Sabíamos que ele tinha talento, afinal, você não entra para o elenco profissional do Barça aos 16 anos se não tiver talento. Leo aprendeu com os mais velhos, recebeu muitos conselhos de Ronnie, Deco e Eto'o. É um fenômeno, é verdadeiramente grande o que ele faz há tantos anos, sua longevidade", afirmou.

Leo Messi, Ludovic Giuly
Barcelona v Deportivo La Coruna | Bagu Blanco/Getty Images
facebooktwitterreddit