Galo trabalha para iniciar vendas de cativas da Arena MRV; clube espera Ronaldinho em BH

FBL-PARAGUAY-BRAZIL-JUSTICE-RONALDINHO
Atlético-MG aguarda Ronaldinho em Belo Horizonte. R10 deve visitar obras da Arena MRV. Clube também pretende lançar a venda de cativas do estádio. | NORBERTO DUARTE/Getty Images

Ronaldinho Gaúcho é aguardado em Belo Horizonte nessa quinta-feira (24) para participar de evento de patrocinador do Atlético-MG, no Mineirão. Além disso, o ex-atleta, que voltou ao Brasil há cerca de um mês depois de ser liberado de prisão no Paraguai, também deve visitar as obras da Arena MRV, futuro estádio do Galo. A programação ainda pode mudar, mas há grandes expectativas para a primeira aparição pública de R10 desde o episódio ‘extracampo’.  

Ídolo, o camisa 10, conforme informações do GE, esteve em BH pela última vez no final do ano passado, quando recebeu a medalha de mérito do Conselho Deliberativo do Atlético. Agora, em nova passagem, o ex-atacante vai ver como estão as obras do futuro estádio atleticano – assim como fizeram seus ex-companheiros Pierre e Leandro Donizete (veja abaixo).

Em meio aos preparativos para receber o astro, a Arena MRV também trabalha para deixar tudo pronto para iniciar a venda dos camarotes e cadeiras cativas.

“Devemos começar a venda de cadeiras e camarotes a partir do dia 26 (de setembro), quando iremos inaugurar a pedra fundamental. Iremos inaugurar agora também o centro de experiência, dando prioridade absoluta ao nosso sócio-torcedor. Quem não for, vai ter que esperar de dois a três meses para poder ir lá. É um espaço que está ficando fantástico”, comentou o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, em entrevista à rádio Itatiaia.

Internamente, há muitas expectativas em relação a venda das cativas. Ao todo, o Atlético vai comercializar 4.470 assentos especiais e espera arrecadar R$ 100 milhões. O Banco BMG, patrocinador máster do clube, assegura que, caso seja necessário, vai ocupar 60% das cativas. Por ora, não há informações sobre os valores, mas as vendas devem começar nesse final de semana.

Além das cativas, a Arena MRV também vai comercializar 68 camarotes, os quais estarão a disposição para o público e empresas. Para estimular as vendas, o empreendimento criou o “centro de experiência”, como destacado pelo dirigente, no qual os interessados poderão visualizar como serão os camarotes e outros espaços do estádio no futuro.

Vale lembrar que, como explicado por Sette Câmara, a Arena também trabalha para implementar a “pedra fundamental” da obra, que é um símbolo tradicional para mostrar que uma construção avançou para a fase de edificação civil.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.