Futebol Internacional

Forest de volta e mais: um resumo da briga pelo acesso e playoffs de rebaixamento em solo europeu

Lucas Humberto
Forest irá disputar a Premier League depois de 23 anos
Forest irá disputar a Premier League depois de 23 anos / James Gill - Danehouse/GettyImages
facebooktwitterreddit

Descenso e acesso. Com o encerramento da temporada europeia, surgem sempre novos rostos - ou até bem antigos em alguns casos. Apesar do retorno do Nottingham Forest à Premier League ter sido a grande novidade, outros clubes de grande tradição também acertaram suas respectivas voltas à elite.

Abaixo, você vê um resumo da briga pelo acesso e playoffs de rebaixamento em solo europeu.


Inglaterra

Brennan Johnson Nottingham Forest Premier League Championship
Brennan Johnson foi um dos destaques da campanha do Nottingham Forest / Sebastian Frej/MB Media/GettyImages

Rebaixados: Figurando no Z-3 durante quase toda a temporada, Norwich e Watford sacramentaram suas quedas com grande antecedência. Na última rodada, o Burnley integrou o trio.

Quem subiu: Se na Championship houve requintes de elite, imagina o que Fulham, Bournemouth e Nottingham Forest irão fazer na Premier League. No caso dos dois primeiros clubes, a volta à primeira divisão acontece pouco tempo depois da queda - uma temporada para os Cottagers e duas para os Cherries. A situação do Forest, por outro lado, revela um enredo ainda mais épico: o retorno vem 23 anos depois do descenso.


Espanha

Rebaixados: Não deu para Granada, Levante e Alavés permanecerem na primeira divisão. Quem celebrou muito foi o Cádiz, que se salvou por um mísero pontinho.

Quem subiu: A rodada derradeira da segunda divisão espanhola trouxe reviravoltas. Neste domingo (29), Almería e Real Valladolid, time do Ronaldo Fenômeno, garantiram o acesso direito à elite. O Eibar, que precisava apenas vencer o lanterna do torneio, acabou sendo derrotado e, portanto, terá de disputar um playoff ao lado de Las Palmas, Tenerife e Girona. Resta apenas uma vaga.


Itália

Rebaixados: Cagliari, Genoa e Venezia se despediram da elite italiana. A Salernitana, que flertou com o Z-3 durante quase toda a campanha, também conseguiu a proeza de escapar por um ponto.

Quem subiu: Lecce e Cremonese não tiveram tanta dificuldade em assegurar a presença na primeira divisão italiana. A emoção ficou toda com o Monza. Disputando a final dos playoffs com o Pisa, o clube do ex-Corinthians Carlos Augusto venceu o primeiro jogo por 2 a 1, mas foi derrotado por 3 a 2 no tempo regulamentar da volta. Na prorrogação, a equipe anotou mais duas vezes para triunfar por 4 a 3. Acesso com requintes de título.


Alemanha

Victor Palsson Schalke 04 Bundesliga
Schalke 04 celebra título da segunda divisão / Alexander Hassenstein/GettyImages

Rebaixados: Arminia Bielefeld e Greuther Fürth irão disputar a segunda divisão na próxima temporada. A vaga da tradicional repescagem de acesso ficou entre Hertha Berlin e Hamburgo. Após derrota na ida, o clube de Berlim conduziu uma remontada na segunda partida e conseguiu evitar o descenso.

Quem subiu: os tradicionais Schalke 04 e Werder Bremen reencontraram os holofotes da elite alemã. Resta saber se terão outra temporada de sufoco...


França

Auxerre Saint-Étienne Ligue 1
Acesso do Auxerre significou o descenso do Saint-Étienne / JEAN-PHILIPPE KSIAZEK/GettyImages

Rebaixados: Bordeaux e Metz, empatados com somente seis vitórias em 38 rodadas, sacramentaram o descenso com antecedência. A última das vagas ficou com o Saint-Étienne, que perdeu para o Auxerre nos pênaltis do playoff de descenso e garantiu a presença na Ligue 2. Após o revés, torcedores partiram para cima dos jogadores do clube alviverde.

Quem subiu: Auxerre, Toulouse e Ajaccio, sendo que os dois últimos conseguiram a vaga direta, terão a missão de fazer frente ao Paris Saint-Germain na primeira divisão.

facebooktwitterreddit