Opinião

Flamengo de Paulo Sousa segue confuso a quatro dias da estreia na Libertadores

Antonio Mota
O Flamengo de Paulo Sousa precisa melhorar muito, e para ontem
O Flamengo de Paulo Sousa precisa melhorar muito, e para ontem / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Atual tricampeão carioca, o Flamengo não jogou bem e perdeu para o Fluminense por 2 a 0, no Maracanã, no primeiro capítulo que define o campeão carioca de 2022. Confuso, desorganizado e amarrado, o rubro-negro não conseguiu responder no último terço do campo, sofreu diante da marcação ferrenha e pesada do Flu e, no fim, desesperado, pagou caro. E o tetra inédito ficou mais distante...

Em mais uma atuação ruim, o Flamengo seguiu o padrão dos últimos Fla-Flus, jogou no campo de defesa do Tricolor e até teve algumas boas oportunidades, mas não converteu e acabou se expondo de maneira descoordenada em busca do triunfo. O Flu foi esperto, resistiu por mais de 60 minutos e depois apenas aproveitou o sofrimento do rival para matar o jogo: Germán Cano foi preciso, fez o “L” e colocou o 2 a 0 no placar.

Gabriel Barbosa Flamengo Fluminense
O Flamengo de Paulo Sousa não funciona. E os jogadores pagam por isso... / Buda Mendes/GettyImages

"Dia difícil, nosso futebol não encaixou. Temos amanhã [quinta] para analisar o jogo e vamos com força máxima para vencer. Sonhamos com esse título... A gente não está sendo avassalador como a gente espera, talvez ainda falta química no sistema, declarou o experiente Filipe Luís, em entrevista após o apito final no Maracanã. O sempre sincero medalhão foi cirúrgico e, em poucas palavras, explicou muito sobre o Fla atual.  

O Flamengo de Paulo Sousa é confuso, travado e, no mínimo, inconstante. O “novo Mister” tem ótimas ideias e parece saber onde quer chegar, mas ainda não mostrou isso no Rio de Janeiro. Seu time não convence, não empolga e por vezes parece perdido, com os jogadores correndo em desarmonia e “batendo cabeça” uns com os outros. Foi assim no Fla-Flu e em quase todos os jogos na temporada.

Ontem, por exemplo, Marinho e Vitinho começaram como titulares e não se entenderam em campo. Lázaro, que vem tendo boas atuações pela esquerda na temporada, entrou na vaga do lateral-direito Matheuzinho. E Léo Pereira, sempre questionável, jogou no lado contrário da zaga. Uma bagunça geral... e detalhe, a Conmebol Libertadores começa na próxima semana.

É um Flamengo que precisa melhorar muito, tanto na defesa quanto no ataque, em três dias...

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit