Exclusivo 90min: personal de Xavi Simons fala sobre preparação física de joia do PSG

Antonio Mota
O promissor Xavi Simons, do PSG, conta com treinador esportivo pessoal para evoluir fisicamente.
O promissor Xavi Simons, do PSG, conta com treinador esportivo pessoal para evoluir fisicamente. / TF-Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Em entrevista exclusiva concedida ao 90min, o renomado treinador esportivo Jonathan Mengeli comentou sobre a preparação e transformação física e mental do promissor Xavi Simons, de 17 anos, do Paris Saint-Germain. O holandês, que era da base do Barcelona, é uma das grandes apostas do milionário clube francês para o futuro próximo.

No bate-papo, o personal francês revelou que conheceu o garoto ainda na Espanha e que trabalha com ele há pouco mais de um ano. “Eu o conheci através de seu irmão mais velho. Ele me contou que o Xavi precisava ter um treinador 100% disponível. No Barça, ele ingressou no Juvenil (Sub-19) e precisava se preparar para enfrentar o seu próximo desafio: alcançar o mundo profissional o mais rápido possível”, afirmou.

Ver essa foto no Instagram

?Team! @xavisimons . . . ? @guilhem.guinot

Uma publicação compartilhada por J Mengeli (@coachzworld) em

Para não perder o ritmo e manter o crescimento de Xavi, Mengeli preparou um treino especial para o período sem futebol. “Quando entramos em confinamento e o campeonato foi suspenso, os clubes enviaram um programa para manter os jogadores em forma, mas era um programa bastante genérico, não específico para cada jogador. Os pais de Xavi Simons entraram em contato comigo. Nós conversamos e percebemos que havia necessidade de trabalhar nos pontos em que Xavi precisava melhorar para poder estrear na Ligue 1 na próxima temporada”, comentou.

O treinador esportivo ainda falou sobre a evolução e crescimento do atleta em meio à pandemia do novo coronavírus. “Eu conheço meu trabalho perfeitamente. Eu sei como é o Xavi, a determinação que ele tem. Eu estava convencido de que poderíamos fazer isso. O processo acelerou durante a pandemia. É difícil para um atleta desenvolver massa muscular rapidamente. Porém, durante o confinamento, não houve mais ‘combates’ e pudemos trabalhar na massa muscular”.

"Em termos de números, em dois meses de confinamento, conseguimos fazê-lo ganhar 3 quilos de massa muscular."

acrescentou o coach.

Para além de pensar nos primeiros passos do atleta no profissional, Mengeli ainda projetou um grande futuro para o meio-campista. “Não vou ‘esconder’, é uma promessa muito grande. Ele tem talento, tem tudo para evoluir ao mais alto nível. Se o PSG o contratou, é porque tem expectativas de vê-lo no grupo principal. Eu acho que o que faltava era um pouco mais de ‘físico’”.



“Na Espanha, temos um jogo completamente diferente. Na França, há mais impacto físico. Você precisa ser forte o suficiente para competir e ter sucesso na Ligue 1. O objetivo é que ele estreie no Campeonato Francês já na próxima temporada”, completou.

Por fim, o personal ainda destacou que Simons quer ser um dos melhores do mundo e que tem trabalhado constantemente para chegar ao topo. “Ele dá tudo para estar neste nível. Quando digo tudo, não é apenas futebol. Ele tem uma rotina muito elaborada. Ele se prepara fisicamente, mas também mentalmente”, encerrou.

Além de treinar a joia, o profissional também trabalhou ou ainda trabalha com outros atletas de alto nível, como Moussa Wagué, do Nice, Kheira Hamraoui, do Barcelona, Moussa Dembélé, do Lyon, Micky Van Buren, do ADO Den Haag, e Merveil Ndockyt, NK Osijek.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit