Ex-meia Ederson coloca Flamengo na Justiça e gera revolta imediata dos torcedores; jogador cobra quase R$ 1 milhão

Fabio Utz
Buda Mendes/Getty Images
facebooktwitterreddit

O ex-meio-campista Ederson Honorato Campos anunciou no início de 2020 a sua saída em definitivo dos gramados. Isso ocorreu cerca de um ano e meio depois de terminar seu último contrato com um clube, o Flamengo. Problemas no joelho abreviaram a a carreira do atleta, que agora coloca o Rubro-Negro na Justiça cobrando quase R$ 1 milhão.

Através deste processo, que corre 37ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro e ao qual o Esporte News Mundo teve acesso, o atleta entende ter direito a receber um total de R$ 937.500,00 a título de diferença salarial, reajustes, verbas e benefícios indenizatórios e indenização por dano moral. Ederson chegou ao Fla em 2015, após mais de dez temporadas na Europa. Em julho de 2016, após forte entrada do lateral-direito Fagner, do Corinthians, precisou se afastar dos campos por nove meses. Um ano depois, a volta foi seguida pela descoberta de um tumor no testículo, o que o obrigou a passar por nova cirurgia. A liberação para exercer novamente a profissão veio em fevereiro de 2018, cinco meses de terminar seu vínculo. Já fora do clube, foi até a França para realizar uma osteotomia sob a justificativa de que chegou a treinar e jogar no Rio de Janeiro, muitas vezes, com dores no joelho.

Na ação contra o clube carioca, apresentou exames de câncer, ressonâncias no joelho, exames médicos das operações que passou, além de um laudo médico. No entanto, essa sua atitude não caiu nada bem junto aos torcedores. Na visão dos rubro-negros, a instituição lhe deu todo o suporte para passar pelos momentos mais complicados de sua trajetória e, portanto, não merecia receber este "retorno". A juíza Elisabeth Manhaes Nascimento Borges marcou auma audiência inicial entre as partes para o dia 17 de dezembro. A mesma acontecerá de forma virtual por conta da pandemia de coronavírus.

Para mais notícias do Flamengo, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit