Em entrevista, Pedro fala sobre possibilidades de evolução e futuro no Flamengo

Pedro
Pedro fala sobre processo de adaptação e evolução no Flamengo: "Tem sido fantástico". | Getty Images/Getty Images

O centroavante Pedro chegou ao Flamengo e logo mostrou que teria condições de preencher a vaga de ‘camisa 9 legítimo’ tão cobrada por Jorge Jesus. Porém, apesar de ter os atributos cobrados pelo técnico português e ter bons números (três gols em nove partidas), ele acredita que ainda pode melhorar muito.



Tive boas atuações, mas, sinceramente, acredito que posso render muito mais. Tenho procurado me dedicar e buscado entender essa nova maneira de jogar o mais rápido possível. Certeza que nesse processo sairei um jogador melhor”, destacou o atacante de 23 anos, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Pedro
Pedro tem poucas partidas pelo Flamengo, mas já mostrou resultados. | Getty Images/Getty Images

Jorge Jesus tem procurado me dar conselhos também. Tenho certeza que vou evoluir, crescer e ter grandes conquistas junto com grandes atuações no decorrer da temporada.

Pedro.

Em seguida, Pedro também comentou sobre o processo de adaptação e destacou cobrança do Mister para que ele jogue ‘menos de costas para o gol’. “Tem sido fantástico. Realmente tenho muito costume de fazer o pivô. Dominar a bola de costas e preparar para os meias que chegam de trás. Manter essa minha característica e poder aprender novas maneiras de jogar é espetacular”, revelou.


“O Mister nos passa muita confiança e é didático no dia a dia. Tenho procurado me dedicar e buscado entender essa nova maneira de jogar o mais rápido possível. Certeza que nesse processo sairei um jogador melhor”, completou.

Pedro atuou apenas alguns minutos desde o retorno do futebol após paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus.
Pedro atuou apenas alguns minutos desde o retorno do futebol após paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus. | Buda Mendes/Getty Images

Questionado, o camisa 21 destacou qual a diferença de Jorge Jesus para os outros treinadores. “É um treinador fascinado pelos pequenos detalhes e intensidade. Não deixa passar nada. É 200% todo dia e sempre. Seja nos jogos ou nos treinos. Um cara que sabe muito de futebol e o mais legal, sabe passar bem aquilo que quer. É um orgulho e prazer poder ser treinado por ele”, destacou.

Logo depois, o atacante falou sobre o entrosamento com Gabigol e possibilidade dos dois atuarem juntos. “Entrosamento com quem tem qualidade é sempre mais fácil. Fizemos bons jogos quando tivemos a possibilidade de jogar juntos. Facilita muito pois é um cara que busca sempre o gol e em campo estamos sempre próximos. Não vejo dificuldades em atuarmos juntos não. Pelo contrário. Acho que um pode complementar o outro. São decisões que o mister irá tomar e ele sabe bem o que faz".

Gabriel Barbosa
Gabigol e Pedro? Para o ex-Fluminense, é possível. | Wagner Meier/Getty Images

Por fim, Pedro falou sobre a paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus e das incertezas quanto ao seu futuro no Flamengo. “A parada foi prejudicial para o mundo. Para mim não foi diferente. É manter a cabeça no lugar e aproveitar os jogos que teremos até o último dia do meu contrato. Na hora certa tudo isso será conversado e ajustado”.

"Ficar afastado de fazer aquilo que você mais ama é sempre ruim. Não saber quando poderemos jogar os principais torneios. Precisamos ter tranquilidade e ir vivendo um passo de cada vez. Estamos vivendo uma fase complicada no mundo e temos que entender isso também", encerrou o camisa 21.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.