Copa do Brasil

Com queda do Sport, Pernambuco registra pior participação na história da Copa do Brasil

Antonio Mota
Pernambuco perdeu todos os seus participantes ainda na primeira fase da Copa do Brasil
Pernambuco perdeu todos os seus participantes ainda na primeira fase da Copa do Brasil / Rafael Vieira/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O futebol de Pernambuco levou um duro golpe na noite da última quarta-feira (2), com a queda do seu último representante ainda na primeira fase da Copa do Brasil. Superado pelo Altos, do Piauí, o Sport Recife se juntou ao Náutico e ao Salgueiro e se despediu da competição mais democrática do país logo na estreia. Os dois primeiros ainda tinham a vantagem do empate, mas os três acabaram derrotados.

Com a retirada precoce do trio, o futebol pernambucano teve a sua pior participação na história da Copa do Brasil, segundo o 'ge'. Há 27 anos, em 1995, o estado também perdeu todos os seus representantes na etapa inicial do certame, mas contava com apenas dois times na ocasião – o Sport e o Náutico. E a dupla sucumbiu diante de rivais tradicionais, para Atlético-MG e São Paulo, respectivamente.  

Vale destacar que a Copa do Brasil era disputada em um formato muito diferente em 1995. Na ocasião, por exemplo, apenas 36 clubes participavam da competição. Hoje, são 92 no total – notando que doze entrarão apenas na terceira fase. Isto é, como menos times disputavam o torneio, os confrontos eram mais pesados desde o início.

Eliminados, Sport Recife, Náutico e Salgueiro também vão sofrer financeiramente. Como não avançaram na Copa do Brasil, os times deixaram de ganhar R$ 750 mil de premiação. A quantia seria muito importante para os clubes, os quais não estão com os cofres cheios.

As quedas e o retrato do futebol de Pernambuco

As eliminações de Sport, Náutico e Salgueiro dizem muito sobre o momento do futebol pernambucano na atualidade. O Leão da Ilha, por exemplo, foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado, quando enfrentou muitas crises. Enquanto o Timbu, que viveu bons momentos e até liderou a Segundona em 2021, não conseguiu manter o ritmo e acabou estagnando na parte intermediária da tabela da liga.  

Vale notar, também, que o estado coleciona 27 eliminações na primeira fase da Copa do Brasil. Sport, Náutico e Santa Cruz encabeçam essa lista - sete vezes cada.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit