Barcelona

Desconfiança, LaLiga e mais: Ronald Koeman continua no Barcelona na próxima temporada?

Antonio Mota
Mesmo com título da Copa do Rei, Koeman balança no cargo de treinador do Barcelona.
Mesmo com título da Copa do Rei, Koeman balança no cargo de treinador do Barcelona. / Quality Sport Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

O técnico Ronald Koeman não tem o futuro garantido no Barcelona, independentemente da conquista ou não da LaLiga. Aos 58 anos, o holandês assinou um contrato de dois anos (até meados de 2022) no segundo semestre do ano passado, mas há dúvidas na nova diretoria culé quanto à continuidade de seus trabalhos após o término desta temporada (2020/21).

Segundo informações da ESPN Brasil, a desconfiança dos dirigentes em relação aos trabalhos de Koeman aumentou recentemente após o Barça perder para o Granada e empatar com o Atlético de Madrid – partidas que poderiam ter colocado o clube na liderança do LaLiga. Restam apenas três rodadas na liga, e o Barcelona precisa de uma combinação de resultados para ficar com a taça.

Ronald Koeman Barcelona
Ronald Koeman pode deixar o Barcelona após o término da temporada. / Quality Sport Images/Getty Images

De todo modo, com ou sem o título do Campeonato Espanhol, há integrantes da diretoria culé que querem um novo treinador para a próxima temporada. Recentemente, ao ser questionado sobre o assunto, Ronald Koeman respondeu: “Essa não é uma resposta para agora, mas depois do último jogo da temporada”, declarou, antes de emendar:

“Desde o primeiro dia, o presidente [Joan Laporta] deu mostras de confiança em mim. É ele quem pode tomar as decisões e, quando terminar a temporada, falaremos do futuro. Não estou preocupado. Assinei um contrato de dois anos e me vejo aqui na temporada que vem. Se não for o caso, o presidente terá que falar comigo. Combinamos uma conversa no final da campanha”.

“Ainda faltam duas semanas e temos três jogos muito importantes, por isso não é o momento de falar sobre o meu futuro”, encerrou.

Ronald Koeman Barcelona
Ronald Koeman não teme ser demitido do Barcelona. / Soccrates Images/Getty Images

Contratado em agosto do ano passado, Ronald Koeman assumiu o Barcelona em um momento assustador, com o clube tendo tomado uma goleada história (8 a 2) do Bayern de Munique, com Lionel Messi pensando em deixar o Camp Nou e com o time cheio de problemas institucionais. Estes problemas levaram à renúncia do ex-presidente Josep Maria Bartomeu. Laporta assumiu apenas em março.  

Com todos esses imbróglios, o Barcelona conseguiu resistir na nova temporada. O clube conquistou a Copa do Rei, primeiro título desde 2019, e se manteve vivo na briga pelo troféu da LaLiga até os últimos jogos. E tudo isso é visto como positivo pelos apoiadores de Ronald Koeman. Além disso, o treinador também é bem avaliado por ter ‘bancado o time’ e aceitado trabalhar com jovens.

Segundo fontes da ESPN, Koeman tem participado assiduamente do planejamento para a próxima temporada. Ele, inclusive, tem se envolvido nas conversas pela contratação de Memphis Depay, do Lyon. Outros informantes do veículo, porém, informam que o estilo de jogo do treinador não se encaixa com os objetivos do clube a longo prazo e que por isso o time o trocaria.

Barcelona Ronald Koeman
Ronald Koeman tem apoiadores e críticos no Barcelona. / Soccrates Images/Getty Images

O entendimento dos críticos de Koeman é que o Barcelona apresentou um futebol aquém das expectativas em grandes partidas ao longo da temporada e também que ele arma o time com táticas muito defensivas em determinados momentos. Cabe notar que o Barça não venceu nenhum dos seus adversários pelo título da LaLiga: Atlético e Real Madrid. E que perdeu no Camp Nou por três gols da Juventus e do PSG na Champions League.

Em seu discurso de posse, Joan Laporta garantiu publicamente apoio a Koeman, mas, desde então, não tem falado tanto do assunto. Após o Barça vencer a Copa do Rei, por exemplo, ele se recusou a falar sobre o futuro do treinador. Uma fonte informou a ESPN que o cartola não gostou nem um pouco da derrota do clube para o Granada, quando o Barcelona perdeu uma grande oportunidade de assumir a liderança da LaLiga.

Mercado de treinador

O Barcelona estaria de olho no mercado de treinadores. Além de Xavi Hernandez, que hoje comanda o Al-Sadd, do Qatar, o Barça também estaria monitorando os técnicos alemães – Julian Nagelsmann, que se acertou com o Bayern de Munique, foi considerado pelo time tempo atrás.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit