Athletico-PR

Derrota do Athletico-PR para a LDU acaba com 'semana perfeita' dos brasileiros em terras gringas

Fabio Utz
Jogo em Quito foi decido com gol no final em favor dos donos da casa
Jogo em Quito foi decido com gol no final em favor dos donos da casa / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Se sabia que não seria fácil, como realmente não foi. O Athletico-PR abriu seu confronto de quartas de final da Sul-Americana jogando na altitude de Quito, contra a LDU. Além do ar rarefeito e de um adversário gabaritado, o clube precisou lidar com os desfalques de Vitinho, Matheus Babi, Santos e Thiago Heleno. E se deu mal.

A equipe de António Oliveira não atuou bem e, mesmo assim, segurava o empate sem gols até os 41 do segundo tempo, quando Reasco deu a vantagem de 1 a 0 buscada pelos equatorianos. Agora, o Furacão precisará vencer por dois gols de diferença se quiser avançar à semifinal- a partida de volta ocorre na quinta que vem, em Curitiba. Além disso, terá que conviver com o fato de ter quebrado uma sequência até então perfeita dos brasileiros que jogaram fora do país durante a semana.

Somando Libertadores e Sul-Americana, o Athletico-PR foi o único time do Brasil que não ganhou em terras gringas. O Red Bull Bragantino, que briga pelo título com o Furacão, foi até a Argentina e ganhou do Rosario Central por 4 a 3. Também no país vizinho, o Atlético-MG fez 1 a 0 no River Plate e saiu em vantagem na competição mais charmosa da América do Sul. Pela mesma disputa, no Paraguai, o Flamengo aplicou 4 a 1 no Olimpia. Agora, o Furacão terá a missão de provar que, o que vale, é a soma dos 180 minutos.

Europeus de olho em goleiro do Furacão

O goleiro Bento, que é reserva de Santos (campeão olímpico com a seleção brasileira em Tóquio), mais foi titular em Quito, está no radar de alguns clubes italianos, como a Udinese. A informação é do Calciomercato, que destaca o fato de o atleta de apenas 22 anos ter dupla nacionalidade (brasileira e italiana), o que naturalmente facilita uma entrada no país europeu. Seu atual contrato vai até dezembro de 2024.

Para mais notícias do Athletico Paranaense, clique aqui.

facebooktwitterreddit