Decisivo no Fla-Flu, Julião manda recado à CBF ao explicar comemoração: 'Protocolo falho'

Nathália Almeida
Mar 14, 2021, 8:56 PM GMT-3
Julião anotou o gol da vitória do Fluminense sobre o rival Flamengo
Julião anotou o gol da vitória do Fluminense sobre o rival Flamengo | Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O primeiro encontro entre Flamengo e Fluminense na temporada 2021 terminou do mesmo jeito que o último clássico da temporada 2020: com vitória tricolor. Mesmo sem jogar bem durante boa parte dos 90 minutos do confronto no Maracanã, o clube das Laranjeiras saiu de campo com os três pontos, graças a um golaço do lateral Igor Julião já na reta final da partida, momento em que já atuava no setor de meio-campo 'improvisado' por Roger Machado.

O petardo de fora da área, sem chances para o goleiro Gabriel Batista, selou o triunfo tricolor por 1 a 0 e marcou o primeiro gol de Julião como profissional do clube, depois de 87 jogos oficiais disputados. A comemoração do lateral com o punho cerrado em riste logo gerou especulações nas redes sociais, mas logo o próprio jogador revelou, em entrevista, o que motivou a celebração.

"Inspiração foi por causa da postura que o Fluminense sempre teve durante a pandemia. O time que a gente escolhe torcer também é um ato político. Foi para exaltar a postura que o Fluminense teve durante a pandemia. A gente sabe como é difícil, mesmo com o protocolo falho que a CBF tem com a gente, fazendo os jogadores viajarem em voos comuns durante o ano inteiro. É para isso, exaltar a postura do Fluminense numa pandemia até porque nem todos estão tendo uma postura coerente", afirmou, via ge.

O triunfo no clássico foi o primeiro de Roger Machado à frente do Fluminense e o primeiro do Fluminense no Carioca de 2021. O Tricolor volta a campo no próximo sábado (20), quando encara o Bangu pela quarta rodada da competição.

facebooktwitterreddit