Identificação, experiência e uso da base: Fluminense acerta ao buscar Roger Machado

Nathália Almeida
Feb 6, 2021, 1:36 PM GMT-3
Botafogo v Atletico MG - Brasileirao Series A 2017
Botafogo v Atletico MG - Brasileirao Series A 2017 | Buda Mendes/Getty Images
facebooktwitterreddit

Os bons números de Marcão em seus dez primeiros compromissos como interino do Fluminense, superando até mesmo o aproveitamento geral do antecessor Odair Hellmann, vinham fortalecendo a teoria de que o Tricolor das Laranjeiras não iria ao mercado em busca de um técnico visando 2021, mas sim efetivaria seu auxiliar como novo comandante. Contudo, nas últimas horas, essa possibilidade ficou em segundo plano: de acordo com múltiplas fontes, a diretoria tricolor está determinada a buscar um novo treinador, e já há um nome favorito ao cargo.

Roger Machado é o favorito de Mário Bittencourt e do departamento de futebol do Fluminense, notícia confirmada pelo globoesporte.com ainda na tarde da última sexta-feira (5). Nas redes sociais, o nome dividiu opiniões: ao mesmo tempo que agrada por ser um técnico de perfil estudioso e dedicado, a derrocada do Bahia sob seu comando e a notória dificuldade de Roger em 'dar o salto' depois de solidificar a base de seu trabalho, preocupam o torcedor.

Palmeiras v Junior Barranquilla - Copa CONMEBOL Libertadores 2018
Palmeiras v Junior Barranquilla - Copa CONMEBOL Libertadores 2018 | Miguel Schincariol/Getty Images

De fato, o jovem treinador gaúcho vem emplacando um 'padrão negativo' em seus últimos trabalhos: começa bem, perde forças na metade do caminho e acaba demitido por uma sequência de maus resultados. Há, no entanto, alguns fatores cruciais ajudam a explicar o porquê de Roger Machado estar bem avaliado nos bastidores das Laranjeiras: identificação histórica com o clube, olho clínico e bom aproveitamento para uso da base (lançou jovens como Pedro Rocha/Luan no Grêmio, por exemplo), boa bagagem e experiência de Série A e vencimentos dentro do teto tricolor são fatores importantes nessa equação.

Nome experiente da chamada 'nova geração', Roger não é tão dogmático quanto Fernando Diniz, com suas ideias de jogo sendo mais flexíveis e adaptáveis em relação ao adversário que se enfrenta, o que o aproxima um pouco mais de Odair. Não será, portanto, uma mudança tão brusca de ideias nas Laranjeiras, o que talvez seja o melhor caminho de fato, já que a brecha entre temporadas será curtíssima em virtude dos calendários apertados.

Roger Machado (R) of Brazil's Fluminense
Roger Machado (R) of Brazil's Fluminense | ANTONIO SCORZA/Getty Images
facebooktwitterreddit