Cuca explica substituição de Soteldo e comenta sobre elenco ‘curto’ do Santos: “Temos que dosar”

Oct 29, 2020, 9:58 AM GMT-3
Cuca
Cuca explica substituição de Soteldo e dificuldade em mexer na equipe: “Elenco é curto”. | Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Santos empatou em 0 a 0 com o Ceará, na Vila Belmiro, na tarde da última quarta-feira (28), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, em mais um dia de críticas na Baixada Santista. Ao término do confronto, Cuca comentou sobre a substituição de Soteldo e explicou como vai ter que “dosar” o seu elenco daqui para a frente, com três competições.   

“Lógico que é desgaste. É peça importantíssima. Três minutos antes, estava puxando ar. E não é último jogo do ano, precisamos no domingo (1º de novembro) e não correremos risco. Entrou Arthur (Gomes) para dar novo fôlego”, explicou o treinador, em entrevista coletiva pós-jogo, sobre a substituição do camisa 10.  

"Puxando ar", comenta Cuca sobre substituição de Soteldo.
"Puxando ar", comenta Cuca sobre substituição de Soteldo. | GUILHERME DIONIZIO/Getty Images

Além disso, o treinador também ressaltou as dificuldades e limitações que tem para trabalhar com um elenco enxuto e da maratona de jogos do Peixe – o time vai completar dois meses sem semanas livres para treinos e recondicionamento físico nessa sexta-feira (30). Agora, com Copa do Brasil, Conmebol Libertadores e Brasileirão, o calendário apertou ainda mais.

Para piorar, o Santos ainda não pode inscrever novos atletas no plantel de Cuca, uma vez que foi punido pela FIFA por dívidas junto ao Huachipato (CHI) e ao Atlético Nacional (COL) – pelas compras de Soteldo e Felipe Aguilar, respectivamente. Assim, o treinador fica limitado ao atual grupo:

“Elenco é curto e vou utilizá-los. Vou dar uma deixa sobre a cabeça com Cuca. Bahia, Ceará, Red Bull, Internacional e Athletico. E terça tem LDU em Quito. O que eu faço? Eu já imagino. Temos que dosar. A gente não tem condição de tirar quatro ou cinco, eles fazem falta. Não podemos abrir mão de competição nenhuma. Temos equilibrado a equipe fisicamente no decorrer dos jogos”, afirmou Cuca.

Sem tempo a perder, o Santos foca agora na partida contra o Bahia, na Vila, às 18h15 (de Brasília) do próximo domingo (1ª de novembro), pela 19ª rodada e encerramento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

As informações acima são do Lance!.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit