Copa Libertadores

Conmebol divulga áudios de lance polêmico de jogo entre River Plate e Vélez

Antonio Mota
Conmebol divulga conversa de Roberto Tobar com árbitros do VAR no lance do gol anulado do River Plate. Confira.
Conmebol divulga conversa de Roberto Tobar com árbitros do VAR no lance do gol anulado do River Plate. Confira. / Marcelo Endelli/GettyImages
facebooktwitterreddit

O River Plate se despediu da Libertadores na última quarta-feira, 6, ao empatar com o Vélez Sarsfield (vencedor pelo placar agregado) no Monumental de Núñez, em Buenos Aires. A queda dos Millonarios, no entanto, ficou marcada por polêmica e deu o que falar dentro e fora da Argentina. Isto porque o VAR anulou gol do atacante Matías Suárez, do River, por um suposto toque de mão, num lance que movimentou torcedores e fez a Conmebol se manifestar.

Nesta quinta-feira, 7, a Confederação divulgou os áudios do VAR do jogo entre os rivais da Argentina, que acabou com o River eliminado nas oitavas de final da copa. Em vídeo publicado pela entidade é possível ver os árbitros brasileiros Rafael Traci e Bráulio Machado, que atuaram no VAR, conversando e convencendo o árbitro Roberto Tobar acerca da irregularidade no gol de Matías Suárez. Assista ao vídeo:

O árbitro de campo Roberto Tobar, do Chile, que julgou inicialmente o gol como legal – “Para mim é gol”, disse –, assistiu ao lance mais de 30 vezes e, no fim, acompanhou o VAR e anulou o gol. A decisão final só saiu após um árbitro assistente concordar com Traci. E o jogo ficou parado por mais de cinco minutos.

Como é possível observar no vídeo acima, Matías Suárez, em disputa com Ortega, cabeceou para o gol após cruzamento de Barco e colocou o River Plate em vantagem, mas os árbitros do VAR notaram toque de mão do camisa 7 e chamaram o juiz de campo, que anulou o gol. Assim, com a insistência do 0 a 0, o Vélez ficou com a vaga, já que venceu o primeiro duelo por 1 a 0.

facebooktwitterreddit