Futebol brasileiro

Como foram os 3 jogos entre Flamengo e Atlético-MG em 2022

Wéverton Rodrigues
Atlético Mineiro e Flamengo decidem uma das vagas nas quartas de final da Copa do Brasil 2022
Atlético Mineiro e Flamengo decidem uma das vagas nas quartas de final da Copa do Brasil 2022 / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Maracanã recebe nesta quarta-feira (13), o jogo entre Flamengo e Atlético-MG, duelo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O rubro-negro precisa fazer o que ainda não conseguiu nessa temporada: derrotar o adversário mineiro.

O Galo, por sua vez, conta com a vantagem do empate, tendo em vista que venceu a primeira partida por 2 a 1. Esta é a quarta vez que as equipes se encontram este ano e então o 90min traz um resumo do que aconteceu até agora em 2022.

Atlético-MG 2 (8) x (7) 2 Flamengo

Campeão da Copa do Brasil e do Brasileirão em 2021, o Atlético-MG chegou à disputa da Supercopa do Brasil tendo como adversário o Flamengo, que herdou a vaga como vice-campeão brasileiro da temporada seguinte. Nacho Fernández tirou o zero do marcador no primeiro tempo em Cuiabá, o Fla virou com Gabigol e Bruno Henrique, mas Hulk levou a decisão para os pênaltis. Foram necessárias 24 cobranças para que o Galo se tornasse campeão do torneio pela primeira vez na história.

Escalações

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Godín e Guilherme Arana; Jair, Allan e Nacho Fernández; Savarino, Keno e Hulk. (Técnico: Antonio Mohamed)

FLAMENGO: Hugo Souza; Rodinei, Fabrício Bruno, David Luiz e Filipe Luís ; Willian Arão, João Gomes, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. (Técnico: Paulo Sousa)

Atlético-MG 2 x 0 Flamengo

Quase quatro meses depois de decidirem a Supercopa do Brasil na Arena Pantanal, Flamengo e Atlético-MG voltaram a se enfrentar em junho no Mineirão, desta vez pelo Brasileirão 2022. Nacho Fernández e Ademir marcaram em partida válida pela 13ª rodada.

Escalações

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso, Guilherme Arana; Allan, Jair, Nacho Fernández; Vargas, Hulk, Keno (Técnico: Antonio Mohamed)

FLAMENGO: Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo, Ayrton Lucas; Gomes, Andreas Pereira, Arrascaeta; Everton Ribeiro, Gabigol, Vitinho. (Técnico: Dorival Júnior)

Atlético-MG 2 x 1 Flamengo

Por fim, o jogo de ida da Copa do Brasil, novamente vencida pelo Atlético-MG no Mineirão. O 2 a 1 coloca o Galo em vantagem para o jogo desta quarta (13), no Rio de Janeiro. Se a partida terminar empatada, os mineiros avançam para as quartas de final da competição. Os cariocas precisam de dois gols de diferença para vencer e se credenciar à próxima fase no tempo normal. Nacho Fernández e Hulk marcaram os atleticanos. Na defesa, Junior Alonso foi negociado no início do ano e, como voltou por empréstimo, acabou sendo utilizado nos dois últimos embates entre os times.

Escalações

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Jair e Nacho Fernández; Vargas, Keno e Hulk (Técnico: Antonio Mohamed)

FLAMENGO: Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo e Ayrton Lucas; João Gomes, Andreas Pereira, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Vitinho e Gabigol (Técnico: Dorival Júnior)

O que mudou nas equipes?

O Flamengo melhorou significativamente com a chegada do treinador vindo do Ceará, chegando a vencer quatro partidas seguidas - quebrando a sequência na derrota para o Corinthians no último final de semana.

Andreas Pereira, que fez parte do time titular do Flamengo nos dois últimos jogos, já não pertence ao time - retornou para a Inglaterra e assinou com o Fulham. Willian Arão, titular absoluto até então, deixou a Gávea rumo ao Fenerbahce (Turquia).

O técnico Dorival Jr ainda convive com problemas no Departamento Médico, visto que dois jogadores importantes - o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Bruno Henrique machucaram o joelho e não têm previsão de retornar aos gramados. O camisa 27, inclusive, foi operado.

Já o Atlético-MG foi bastante cobrado por não repetir o aproveitamento da temporada passada, sobretudo em jogos diante da sua torcida, mas a pressão diminuiu um pouco principalmente após a classificação na Libertadores.

O ataque titular do Galo, por sua vez, é praticamente o mesmo: Vargas, Hulk e Keno, que convive com problemas físicos ao longo da temporada. Neste sentido Ademir aparece como opção do técnico argentino. Quem saiu foi Savarino, vendido ao Real Salt Lake (EUA). Poupados contra o São Paulo, os laterais e o zagueiro Nathan Silva devem voltar ao time. 

facebooktwitterreddit