Flamengo

Braz reforça projeto do Flamengo em Portugal e não descarta investida por Jorge Jesus: 'Se houver chance...'

Antonio Mota
“Se for possível, se houver uma chance, vou tentar e quero contratar Jorge Jesus”, diz vice-presidente do Flamengo.
“Se for possível, se houver uma chance, vou tentar e quero contratar Jorge Jesus”, diz vice-presidente do Flamengo. / FELIPE DUEST/Photopress/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O Flamengo desembarcou em Portugal nos últimos dias com um objetivo claro: contratar um treinador para a próxima temporada. Com o vice-presidente Marcos Braz e o diretor de futebol Bruno Spindel o representando na Europa, o Rubro-Negro Carioca se reúne com os possíveis candidatos e trabalha para voltar ao Brasil apenas com um acordo bem encaminhado.

Em entrevista ao Jornal “O Jogo”, o VP voltou a falar sobre a procura do Fla por um técnico e deu detalhes do perfil que o clube deseja. O dirigente tocou ainda no nome mais desejado pela Nação: Jorge Jesus. “Não é um sonho, o meu sonho é levar um técnico que possa ter os mesmos grandes resultados que o Jorge teve. Quero um técnico português com uma equipe robusta [comissão técnica] e não vale a pena insistir em perguntar pelo Jorge Jesus pois eu não vim aqui para contratá-lo”, declarou Braz, antes de destacar que o Mister continua no radar:  

"Mas, se for possível, se houver uma chance, vou tentar e quero contratá-lo também. "

garantiu Marcos Braz.
Jorge Jesus Flamengo
Marcos Braz não desiste de Jorge Jesus: “Se houver uma chance, vou tentar contratá-lo”. / Zed Jameson/MB Media/GettyImages

Marcos Braz ainda frisou que voltou a Portugal para dar sequência ao projeto que começou há duas temporadas, em 2019, quando o Flamengo decidiu apostar em um treinador luso. “Sempre acreditei na potência da escola de técnicos portugueses”, salientou. O VP também reforçou que a ida ao Velho Continente não foi para contratar o Mister, mas sim para buscar um profissional do país luso.

"Não vim a Portugal para convencer o Jorge, vim atrás de um projeto no qual sempre acreditei. De certeza que levarei para o Flamengo um treinador e uma equipe técnica portuguesa para que possamos desenvolver um excelente trabalho no Brasil como fez o Jorge Jesus e o Abel Ferreira (do Palmeiras)", declarou o cartola, falando ainda que deve se reunir com o Mister: “Até pela relação eu temos”.

Marcos Braz concluiu falando que não pode esperar Jorge Jesus até o final da temporada europeia (meados de 2022), alegando que ‘tem que resolver a vida em seis dias, não em seis meses’, e também optou por não falar sobre os outros nomes que estão sendo cotados no Flamengo, como Rui Costa e Paulo Sousa, "para não atrapalhar as negociações" que estão em curso.

Para além de Jesus: os candidatos a assumir o Flamengo

Flamengo Paulo Sousa
Quem vai treinador o Flamengo em 2022? Clube quer um português. / PressFocus/MB Media/GettyImages

Como destacado por Marcos Braz, o Flamengo não viajou a Portugal apenas para falar com Jorge Jesus. Em busca de um treinador, o clube circula no mercado e avalia vários candidatos, como Paulo Fonseca (sem clube), Paulo Sousa (Seleção da Polônia), Vitor Pereira (sem clube) e Rui Vitória (sem clube). Carlos Carvalhal, do Braga, e outros profissionais também foram associados ao time do Rio de Janeiro nos últimos dias.

O Flamengo ainda não “bateu o martelo”, mas tem viagem de volta para o Brasil marcada para a próxima quarta-feira, 23, e, até lá, pretende ter a vida mais bem definida.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit