Braz garante que ‘segurou’ Dome até o limite e afirma que Fla foi ‘rápido e preciso’ em conversas com Ceni

Antonio Mota
Braz garante que ‘bancou’ Domènec Torrent até o limite no Flamengo.
Braz garante que ‘bancou’ Domènec Torrent até o limite no Flamengo. / Getty Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Convidado do Arena SBT, programa do SBT, da última segunda-feira (23), Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, “abriu o jogo” sobre a demissão do técnico catalão Domènec Torrent e revelou detalhes da correria para fechar com Rogério Ceni.

Questionado, Braz afirmou que, se ‘cedesse à pressão’, teria demitido Dome muito antes e garantiu que manteve o espanhol no cargo até onde foi possível – lembrando que o antigo auxiliar de Pep Guardiola foi demitido no último dia 9, após uma sequência ruim da equipe.   

Braz revela que o Flamengo não teve nem tempo para pensar em Renato Portaluppi para a vaga de Domènec Torrent.
Braz revela que o Flamengo não teve nem tempo para pensar em Renato Portaluppi para a vaga de Domènec Torrent. / Buda Mendes/Getty Images

Em seguida, o dirigente foi perguntado se o Flamengo pensou no nome de Renato Portaluppi, do Grêmio, para a vaga de Torrent, e assegurou que não houve nem tempo para esse debate. "Nem deu tempo (de citar o nome do Renato). Em cerca de quatro horas, o Rogério estava contratado", alegou.

Por fim, Braz destacou que o Mais Querido foi ‘rápido e preciso’ nas negociações para ter Rogério Ceni, então no Fortaleza, como seu novo treinador.

As informações acima são da ESPN Brasil.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit