Bayern de Munique retira proposta e deixa futuro de Alaba em aberto: “Não há mais oferta”

Antonio Mota
Após tentativas, Bayern de Munique retira proposta e deixa futuro de Alaba em aberto. Defensor nunca esteve tão perto da saída da Allianz Arena.
Após tentativas, Bayern de Munique retira proposta e deixa futuro de Alaba em aberto. Defensor nunca esteve tão perto da saída da Allianz Arena. / Oleg Nikishin/Getty Images
facebooktwitterreddit

Após várias tentativas e meses de negociações, o Bayern de Munique “cansou” de tentar convencer o austríaco David Alaba a continuar na Allianz Arena e retirou sua proposta de renovação. Assim, o zagueiro-lateral de 28 anos se aproxima do término de seu contrato sem uma oferta do clube que defende há mais de uma década.  

A informação é do próprio presidente bávaro Herbert Hainer. Em entrevista à BR24, o mandatário afirmou que o clube fez uma proposta excelente, sobretudo durante estes tempos de pandemia do novo coronavírus e crise global, mas que o atleta se mostrou desiludido e insatisfeito com os termos, o que levou o time a ‘sair da jogada’.

Alava caminha para fora da Allianz Arena.
Alava caminha para fora da Allianz Arena. / Alexander Hassenstein/Getty Images

“Apresentamos uma oferta muito boa, justa e competitiva – especialmente durante esses tempos”, iniciou o cartola, acrescentando sobre o prazo definido para uma resolução: “Dissemos ao agente do Alaba, na última reunião, que queríamos transparência e uma resposta até o fim de outubro. Precisamos fazer planos para uma posição tão importante. Mas não ouvimos nada até sábado (31 de outubro)”.

Em seguida, Hainer completou e bateu o martelo: “Não tivemos notícias dele até sábado. O nosso diretor esportivo, Hasan [Salihamidzic], contactou o agente e a resposta foi que a oferta ainda não era satisfatória e que deveríamos pensar mais sobre ela. Desta forma, decidimos retirar totalmente a oferta. Isso significa que já não há uma oferta”, sacramentou.

Alaba não aceitou os termos do Bayern de Munique e deve deixar a Alemanha.
Alaba não aceitou os termos do Bayern de Munique e deve deixar a Alemanha. / Pool/Getty Images

Segundo informações do Sport1, Alaba e seu representante foram pegos ‘desprevenidos’ com a declaração do presidente, uma vez que não esperavam que o clube fosse retirar a oferta. De todo modo, a tendência é que o atleta procure mesmo um novo clube, o que, também segundo o jornal, não era o desejado por Hainer e Bayern de Munique.

Agora, caso nada mude, o austríaco segue com apenas mais alguns meses (junho de 2021) de contrato com os Bávaros. E pode deixar o clube em janeiro, em alguma negociação acelerada e com valores não tão altos, ou na metade do ano que vem, sem custos. Por ora, Liverpool, Barcelona, Real Madrid, Inter de Milão, Juventus e Paris Saint-Germain são os times que monitoram o atleta.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit