Copa do Mundo 2022

Auxiliar da Suíça projeta duelo contra o Brasil pelo Grupo G da Copa: "Será muito difícil para nós"

Lucas Humberto
Duelo ocorre na próxima segunda-feira
Duelo ocorre na próxima segunda-feira / Brad Smith/ISI Photos/GettyImages
facebooktwitterreddit

Que moral do Brasil! Vincent Cavin, auxiliar técnico da Suíça, projetou o encontro com a Canarinho com certo pessimismo: "O Brasil é uma equipe muito forte. Antes do torneio, todo mundo já dizia que o Brasil era o favorito número um. Agora que começou, temos a demonstração que o Brasil é muito forte", destacou ele na manhã desta sexta-feira, 25.

"É muito difícil falar o que precisamos fazer para vencer. Penso que, se o Brasil jogar como jogou ontem, é muito difícil para nós fazer qualquer coisa", completou. "A partida de ontem foi importante para nós, porque vimos algo que podemos tentar fazer contra o Brasil. Mas é como eu disse: se o Brasil jogar como jogou ontem, será muito, mas muito difícil para nossa equipe", seguiu.

Murat Yakin e Vincent Cavin, da Suíça
Murat Yakin e Vincent Cavin durante treinamento da Suíça / FABRICE COFFRINI/GettyImages

Questionado sobre o desfalque de Neymar, que não atua mais na fase de grupos, o auxiliar afirmou que o time nacional perde em talento, mas ressaltou a qualidade do banco de reservas de Tite: "Neymar é um jogador fantástico. Com e sem Neymar, o Brasil não é a mesma equipe. Um jogador como ele é especial. Quando ele não joga, claro que não é a mesma coisa", iniciou.

"Nós só temos que pensar em preparar nossa equipe com ou sem Neymar, porque, se o Neymar não puder jogar, um outro jogador muito bom vai entrar. Por isso, temos que estar concentrados, porque, como disse, penso que Neymar é um jogador fantástico, mas o Brasil só tem jogadores fantásticos", finalizou.

Neymar não é a única baixa confirmada da Canarinho. Nesta sexta-feira, 25 de novembro, a CBF revelou que o lateral-direito Danilo também se lesionou e não terá condições de encarar a Suíça na próxima segunda-feira, 28. Daniel Alves e Éder Militão despontam como as prováveis opções para substituir o titular.

facebooktwitterreddit