Após comunicar que nada mudaria em sua estrutura, Grêmio demite executivo de futebol

Gremio v Lanus - Copa Bridgestone Libertadores 2017 Final
Lucas Uebel/Getty Images

Desde quarta-feira, quando o Grêmio sucumbiu diante da Universidad Católica, no Chile, na retomada da Libertadores, mudanças na estrutura do futebol tricolor passaram a ser fortemente cogitadas, até mesmo, entre dirigentes. Pois a única troca que aconteceu foi do executivo Klauss Câmara.

Inicialmente, ao convocar coletiva, o clube rechaçou trocas em toda a estrutura. No entanto, o presidente Romildo Bolzan Júnior, ao iniciar sua manifestação ao lado do técnico Renato Portaluppi, informou a demissão do profissional. "Entendemos que era necessária a troca. Chegamos à conclusão que o melhor para as partes era fazer essa troca. Mudar foco de questões internas e de visão do futebol", disse.

A equipe volta a campo no domingo para enfrentar o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, na Arena. Depois, na quarta-feira, tem o segundo Gre-Nal da fase de grupos da Libertadores, dessa vez no Beira-Rio.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.