Brasileirao Série A

4 cenas emocionantes que marcaram a noite de quarta-feira no Brasileirão

Nathália Almeida
Athletico-PR rendeu homenagens ao ídolo Sicupira
Athletico-PR rendeu homenagens ao ídolo Sicupira / Du Caneppele/O Fotografico/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O mesmo futebol que rende cenas lamentáveis - como à invasão de torcedores gremistas após a derrota contra o Palmeiras ou mesmo a briga nas arquibancadas de São Januário depois da goleada sofrida pelo Vasco da Gama contra o Botafogo -, rende cenas bonitas e emocionantes que nos fazem lembrar sua verdadeira razão de ser.

Na noite desta quarta-feira (10), a 31ª rodada do Brasileirão gerou alguns momentos comoventes. Vamos a eles?


1. Bruninho de volta à Vila Belmiro

Depois de viver uma experiência traumática na Vila Belmiro - experiência que nenhum torcedor deveria viver, muito menos uma criança -, Bruninho retornou à casa de seu time do coração e dessa vez recebeu o tratamento que merecia. Apaixonado pelo Santos, o garoto foi convidado pelo clube para conhecer os vestiários e os bastidores da Vila, recebeu presentes e posou ao lado de alguns de seus ídolos, como o atacante Diego Tardelli.

Nós, do 90min, torcemos para que a noite de sentimentos felizes para Bruninho seja capaz de amenizar a tristeza pelo episódio ocorrido no último duelo, quando o garoto foi xingado e ameaçado por torcedores alvinegros por ter pedido a camisa de Jailson.

2. Fim do jejum de Marinho

Outra cena especial que veio da Vila foi a comemoração de Marinho após anotar o gol que abriu o placar contra o Red Bull Bragantino, deixando para trás um incômodo jejum que já durava quatro meses.

Além de inaugurar o marcador, o camisa 11 ainda sofreu o pênalti que selou o triunfo alvinegro por 2 a 0. Após o encerramento da partida, Marinho dedicou o resultado positivo ao Bruninho, ilustre torcedor que citamos no item anterior deste artigo.

3. Homenagens do Athletico-PR à Sicupira

A noite desta quarta (10) também foi de emoções na Arena da Baixada. Fazendo seu primeiro jogo em casa desde o falecimento de Sicupira, o Athletico-PR rendeu uma série de homenagens ao ídolo, desde a camisa especial com o símbolo de infinito - que faz lembrar um 8, a camisa que o meia utilizava -, até a pausa no minuto 8, com salva de palmas e ovação da torcida presente no estádio.

4. A festa da Massa após vitória sobre o Corinthians

Quase 59 mil atleticanos estiveram no Mineirão e testemunharam o banho de bola do líder Atlético-MG sobre o Corinthians: vitória alvinegra por 3 a 0, resultado que explodiu o Gigante da Pampulha após o apito final e rendeu belas cenas de comemoração entre torcedores de todas as idades. O tão sonhado bicampeonato brasileiro, aguardado há cinco décadas, fica mais próximo a cada nova rodada.

facebooktwitterreddit